Notícias Negócios

Nubank permite acúmulo de milhas no programa Smiles

Novo parceiro do Nubank Rewards, Smiles tem resgate de passagens aéreas da Gol, Delta, TAP e outras 16 companhias

Lucas Braga
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Nubank iniciou nesta segunda-feira (30) sua primeira parceria com um programa de fidelidade de companhias aéreas. O cartão de crédito roxo já permitia a conversão de pontos acumulados no Nubank Rewards em passagens aéreas, mas agora também é possível transferí-los diretamente para milhas do programa Smiles.

O banco promete que a transferência será “a melhor experiência do mercado”, porque os pontos serão creditados no Smiles de forma instantânea — a transação toda dura cerca de 15 segundos. Nos cartões de crédito convencionais, esse processo costuma demorar entre um e dois dias, o que é ruim na hora de aproveitar promoções de passagens aéreas com milhas.

A conversão, no entanto, não é tão vantajosa. Cada R$ 1 gasto no Nubank vale 1 ponto Rewards, mas cada 4 pontos Rewards equivalem a 1 milha Smiles. Cartões de crédito tradicionais costumam pontuar, no mínimo, 1 milha por dólar, podendo chegar em até 2,8 pontos por dólar.

O Smiles é o programa de fidelidade da Gol, mas permite resgatar e acumular milhas também na Delta (sabe-se lá até quando), Aerolíneas Argentinas, Aeroméxico, Air France, Air Canada, Air Europa, Alitália, Copa Airlines, Emirates, Etihad, Ethiopian, Korean Air, KLM, Passaredo, Qatar, Royal Air Maroc, South African Airlines, TAAG e TAP.

Como transferir os pontos para o Smiles

  1. Entre no painel Rewards dentro do app do Nubank;
  2. Selecione Smiles na aba Usar pontos;
  3. Escolha a quantidade de milhas Smiles e toque em Continuar;
  4. Revise a solicitação e confirme com a senha de 4 dígitos do cartão;
  5. O pedido será processado pela Smiles e o saldo será atualizado em alguns segundos.

Vale a pena?

Bem, uma passagem aérea promocional da ponte aérea Rio-São Paulo custa 5.000 milhas Smiles o trecho, sendo necessário gastar R$ 20.000 para resgatar uma passagem aérea que normalmente custa menos de R$ 200. Se você comprar essa mesma passagem pagando em reais poderá “apagá-la” da fatura por 16.000 pontos e também acumula as milhas voadas no Smiles, o que não é possível com um bilhete-prêmio.

Considerando que a anuidade do Rewards custa R$ 190, o serviço só vale a pena para quem tem gastos mensais muito elevados. Mas, nesse caso, já compensaria um Credicard Black, por exemplo: o cartão do Itaú acumula 2 pontos por dólar em compras nacionais e 3 pontos em transações internacionais, sendo que a anuidade é isenta caso a média da fatura seja de R$ 6.000 por mês.

O tempo dirá se o Nubank Rewards participará de promoções de milhas. É bem frequente que programas de fidelidade deem algum tipo de bônus para determinados cartões de crédito. A bonificação normalmente varia de 20% a 100% e pode ser decisiva para alcançar a viagem dos sonhos.

Atualizado às 10:33

Lucas Braga

Autor especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque