Início / Notícias / Negócios /

Ebanx supera US$ 1 bilhão em valor de mercado e vira novo unicórnio

O Ebanx ultrapassou o valor com um novo aporte que deverá ser usado para expandir serviços na América Latina

Victor Hugo Silva

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Brasil tem mais um integrante no grupo de empresas avaliadas em pelo menos US$ 1 bilhão, também conhecidas como unicórnios. A startup de pagamentos Ebanx informou nesta quarta-feira (16) que um novo aporte do fundo americano FTV Capital a ajudou a ultrapassar a marca.

De acordo com o Estadão, a Ebanx tem previsão de faturar US$ 150 milhões em 2019, valor 50% maior em relação ao ano passado. Boa parte da receita vem de soluções de pagamentos que ajudam empresas estrangeiras a se instalarem na América Latina.

A startup paranaense oferece seus serviços para empresas como Spotify e Airbnb (em parceria com a Worldline), além de AliExpress, Wish e Gearbest, e espera processar mais de US$ 2 bilhões em pagamentos este ano, segundo o TechCrunch.

Desde setembro, o Ebanx processa pagamentos via voucher e transferência bancária para a Uber no Brasil e em outros países da América Latina. A empresa também se tornou parceira da Visa, para aumentar pagamentos eletrônicos no Paraná, e de empresas como Coursera, Scribd e Shopify.

Fundada em 2012, a startup também oferece soluções de inteligência de mercado, análises, estratégias antifraude, consutoria em marketing e atendimento 24 horas voltado para clientes de empresas parceiras na América Latina.

“Nós temos um profundo conhecimento do mercado latino-americano. Estamos próximos dos consumidores e sempre atentos às necessidades dos nossos sites parceiros”, diz o cofundador e CEO do Ebanx, Alphonse Voigt. “Para ser bem-sucedido na América Latina, é muito importante entender as especificidades de cada país, e é exatamente isso que o Ebanx oferece”.

A empresa já havia recebido, em dezembro de 2017, um aporte de US$ 30 milhões de FTV, com participação da Endeavor Catalyst. O novo investimento deve ajudar na expansão do Ebanx Pay, uma solução de pagamentos voltada para empresas locais. O serviço foi lançado no mercado brasileiro em abril deste ano e deve ser levado à Colômbia em 2020.