Google Pixel de primeira geração será atualizado até dezembro

Smartphone foi lançado em 2016, mas não chegou ao Brasil

André Fogaça
Por

O primeiro Google Pixel, junto do Pixel XL, já está fora do prazo prometido para atualizações do Google, mas mesmo assim o gigante das buscas garantiu que as correções no patch de segurança de dezembro serão enviadas para ele. O problema é que este é seu último update.

Google Pixel 2

O Google Pixel foi o primeiro smartphone lançado após a linha de aparelhos Nexus, que também é do Google. Além do Android puro, promessa de ótimas fotos e armazenamento ilimitado destas fotos (e vídeos) no backup em nuvem da própria empresa pelo resto da vida, o aparelho veio com a promessa de atualizações de software por dois anos e três anos com patches de segurança.

Uma surpresa do Google foi o envio do Android 10 para o gadget, que deveria encerrar sua vida no Android 9 Pie e isso fez todo usuário que ainda está com o smartphone sorrir pelas ruas. Porém, se em atualização pesada o Google foi gentil, em atualização de segurança a coisa pode não ser tão boa assim – e, sinceramente, mais vale um Android seguro do que com a última versão instalada.

O Google comentou com imprensa americana que o Pixel deixou de receber a atualização mensal de novembro, mas que receberá um pacote maior que engloba a deste mês e a do mês seguinte, que entrega correções focadas apenas em segurança. Este é o último ano da promessa inicial e será a última atualização que o Google Pixel receberá.

Google p

Isso significa que se você tem um Pixel, ou Pixel XL, é melhor começar a pensar em comprar um smartphone novo. Ele não vai parar de funcionar a partir de dezembro, mas deixará de receber correção para alguma coisa que pode aparecer em forma de ataque para o Android. Tenso.

Com informações: The Verge e CNET.

Relacionados

Relacionados