Início / Notícias / Negócios /

Nubank reduz tarifa de saque no Banco24Horas para alguns clientes da NuConta

Nubank tem função débito para NuConta, mas saques custam R$ 6,50 cada nas redes Banco24Horas (TecBan) e Saque e Pague

Felipe Ventura

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

No final do ano passado, o Nubank trouxe uma notícia boa e outra ruim: o cartão de crédito ganhou função débito para a NuConta, mas os saques custam R$ 6,50 cada nas redes Banco24Horas (TecBan) e Saque e Pague. A fintech decidiu realizar um teste e reduzir o valor dessa tarifa para R$ 4 entre alguns de seus clientes.

NuConta

Os relatos, descobertos pelo site Seu Crédito Digital, vêm principalmente do fórum NuCommunity. Alguns clientes estão sendo notificados através de e-mail e do aplicativo: a NuConta diz que diminuiu a tarifa de saque pelos próximos meses. Trata-se de algo temporário: “antes desse período acabar, vamos te avisar por e-mail”, afirma a fintech.

“Estamos analisando as implicações de diferentes faixas de preço para a tarifa de saque da NuConta”, explica o Nubank em comunicado ao Tecnoblog. “Para isso, oferecemos de maneira temporária a uma pequena base de clientes a possibilidade de realizar a transação por valores menores do que os R$ 6,50 cobrados atualmente.”

A fintech também avisa que, “apesar desse experimento, não há previsão de mudanças na maneira como a conta digital do Nubank opera hoje”. Ou seja, a tarifa menor para saques não deve ser expandida para mais clientes tão cedo.

O aviso do Nubank via app e e-mail:

Saque na NuConta do Nubank

Cliente paga R$ 4 de tarifa de saque na NuConta:

Saque na NuConta do Nubank

Projeto do Banco24Horas pode reduzir tarifa de saque

O valor de R$ 6,50 tem dois componentes. O Nubank paga aproximadamente R$ 5,56 para utilizar a rede do Banco24Horas ou do Saque e Pague: isso financia o transporte e segurança do dinheiro, aluguel do espaço para os caixas eletrônicos, manutenção de equipamentos, entre outros. Os R$ 0,94 correspondem aos impostos sobre a operação de saque.

Esse custo é inteiramente repassado aos clientes. Outros bancos, como o Inter e o C6, não cobram pelo saque.

Cerca de 40 instituições têm conexão direta com o Banco24Horas, incluindo Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa e Santander. Enquanto isso, outras empresas precisam utilizar o intermediário Cirrus, da Mastercard: por isso, o custo de acessar os caixas eletrônicos é até 80% maior para o Nubank, segundo a Reuters.

Isso deve mudar em breve: a TecBan está preparando um sistema para facilitar o acesso aos caixas eletrônicos, permitindo que fintechs criem “hubs” para se conectarem diretamente à rede do Banco24Horas. Esse projeto deve ser lançado até o final de 2019, contando com a participação do C6 Bank, Nubank, Inter, Agibank e Banco Original.