Início / Notícias / Aplicativos e Software /

WhatsApp para Android vai facilitar transferência de conta entre celulares

WhatsApp permitirá login sem código via SMS quando usuário migrar de um celular Android para outro; recurso já existe no iPhone

Por

Quando você migra de um iPhone antigo para um novo, o WhatsApp permite fazer login sem pedir um código de confirmação via SMS. Isso é possível graças às chaves do iCloud, recurso da Apple que transfere suas credenciais de um dispositivo para outro. O aplicativo prepara essa mesma funcionalidade para o Android usando uma API do Google.

WhatsApp

O WABetaInfo descobriu que o WhatsApp está trabalhando em um recurso chamado Transferência de Conta (Account Transfer) no Android: ele permitirá transferir os dados da sua conta para outro Android sem a necessidade de inserir um código de confirmação.

De acordo com o código do aplicativo, a novidade usará uma API oficial do Google para transferir contas. Ela se chama Account Transfer e funciona em dispositivos de destino com Android 8.0 Oreo ou posterior. Com ela, é possível migrar as credenciais vindas de um celular com Android 4.0.1 Ice Cream Sandwich ou mais recente.

Basicamente, o Google Play Services cria um canal criptografado bidirecional entre os dois dispositivos, sem depender da internet (provavelmente usando uma combinação de Bluetooth e Wi-Fi Direct). Dessa forma, você não precisa fazer login manualmente no celular novo.

Google API Account Transfer

Google ensina como funciona a API Account Transfer

Segundo o WABetaInfo, não há uma opção no WhatsApp que permita gerenciar a Transferência de Conta no Android. Ou seja, isso provavelmente será ativado de forma automática quando for lançado aos usuários.

WhatsApp tem transferência de conta no iPhone

Esse recurso já existe no iPhone: as credenciais do WhatsApp ficam salvas nas chaves do iCloud (iCloud Keychain), permitindo migrar a conta sem passar pela confirmação via SMS. No entanto, se você trocar de número de celular, precisará fazer o login.

Vale notar que as chaves do iCloud são protegidas por criptografia de ponta a ponta, assim como as senhas de redes Wi-Fi, as informações de pagamento e os dados do app Saúde. Ou seja, a Apple não tem a chave para descriptografar essas informações. No entanto, a empresa não usa a mesma proteção para backups do dispositivo, e-mails, calendários e contatos — aparentemente para não irritar o FBI.