Notícias Negócios

N26, futuro concorrente do Nubank, chega a 5 milhões de clientes

Empresa alemã N26 é avaliada em US$ 3,5 bilhões; fintech tem conta grátis e vai concorrer com Nubank no Brasil em 2020

Felipe Ventura
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A startup alemã N26 vai estrear no Brasil ao longo dos próximos meses para concorrer com o Nubank: ela oferece uma conta sem tarifas e sem a burocracia dos bancos tradicionais. A empresa, avaliada em mais de US$ 3,5 bilhões, duplicou a base de usuários no ano passado e agora tem 5 milhões de clientes.

N26

O N26 lançou sua conta bancária via celular em janeiro de 2015. Desde então, o ritmo de crescimento vem acelerando: a empresa tinha 3,5 milhões de clientes em junho de 2019, e conseguiu chegar a 5 milhões em apenas seis meses. Ela está presente em 26 países, a maioria na Europa, e estreou nos EUA no ano passado.

O próximo destino do N26 é o Brasil. O site da empresa está disponível em português com uma lista de espera para receber novidades. “Temos a desafiadora ambição de criar um banco que mais de 100 milhões de pessoas ao redor do mundo amam usar, e o lançamento no Brasil será um importante passo nessa direção”, diz a fintech em comunicado.

Em sua rodada de investimento mais recente, o N26 se tornou uma das fintechs mais valiosas do mundo: ela é avaliada em US$ 3,5 bilhões. Ao todo, são 1.500 funcionários em cinco escritórios: Berlim, Nova York, Barcelona, ​​Viena e São Paulo.

Por sua vez, o Nubank ultrapassou os US$ 10 bilhões em valor de mercado e tem 20 milhões de clientes; isso inclui a NuConta e o cartão de crédito sem anuidade. A empresa brasileira ainda não é um banco, mas é a 6ª maior instituição financeira do país.

N26

N26 tem conta gratuita com saques inclusos e cashback

Na Europa, o principal produto do N26 é uma conta gratuita que pode ser aberta sem burocracia, diretamente através do celular. É possível realizar pagamentos em qualquer moeda sem cobranças adicionais de câmbio, e realizar até cinco saques gratuitos em euros. O saque em outras moedas também está disponível, mas com taxa de 1,7%.

O N26 Business é pensado para freelancers e autônomos: ele é gratuito e oferece as mesmas vantagens da conta básica; além disso, todas as compras geram 0,1% de cashback.

Há também planos pagos: por exemplo, o N26 You (antes N26 Black) tem saques gratuitos no mundo inteiro em quase qualquer moeda (exceto euro); descontos em serviços parceiros como Hoteis.com e WeWork; seguro médico para viagens; entre outros. Ele custa € 9,90 por mês.

Um recurso bacana do N26 são os Spaces: você pode criar uma subconta e definir uma meta específica, tal como juntar dinheiro para uma viagem. É possível ter até 2 Spaces nas contas gratuitas, e até 10 nos planos pagos. A fintech também prepara os Shared Spaces, para que várias pessoas participem de um mesmo objetivo.

N26

Com informações: TechCrunch.

Felipe Ventura

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque