Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Uber testa ligações gratuitas para usuário pedir carro sem usar app

Serviço de Uber por telefone está em testes nos Estados Unidos

Emerson Alecrim

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Você já passou pela experiência de chamar um táxi por telefone? Com os aplicativos, parecia que uma cena como essa ficaria no passado. Mas não é bem assim: a Uber está testando um número telefônico para permitir que pessoas mais velhas ou com pouca intimidade com a tecnologia façam ligações para pedir um carro.

O teste está sendo conduzido no estado americano do Arizona. Ao ligar para o número 1-833-USE-UBER (corresponde a 1-833-873-8237), o usuário conversará com um atendente que, com base nas informações de origem e destino, informará o preço previsto e agendará a viagem.

Durante a conversa, o usuário poderá escolher a categoria do veículo, como Uber Black, UberX, Uber Comfort ou carro com suporte a cadeira de rodas, quando disponível. Também é possível escolher entre as opções de pagamentos existentes, caso o usuário já tenha cadastro. Se não tiver, ele terá que fornecer alguns dados para criar a sua conta.

dan-gold / unsplash / uber

A central telefônica não dispensa totalmente o celular: dados como placa do carro e nome do motorista serão enviados por SMS. O mesmo vale para eventuais avisos ou o envio do recibo após o término da corrida. A vantagem aqui é que celulares simples podem ser usados para isso.

As ligações são gratuitas e, embora seja direcionado principalmente a pessoas mais velhas, o serviço pode ser usado por qualquer usuário da plataforma, desde que a pessoa esteja em uma área atendida.

Está nos planos da Uber disponibilizar a modalidade em mais estados americanos nos próximos meses. Não há, porém, informações sobre testes da central telefônica em outros países.

Obviamente, há algumas questões que precisam ser tratadas antes da adoção mais ampla desse tipo de serviço. A Uber explica, por exemplo, que o telefone não deve ser usado para suporte ao usuário, mas é provável que, diante da possibilidade de ser atendida por uma pessoa ao ter um problema com a plataforma, muita gente não pensará duas vezes antes de discar para o número.

Com informações: TechCrunch.