Início / Notícias / Legislação /

Google pede que usuários não instalem Play Store em celulares Huawei

Apps do Google não podem rodar em dispositivos não certificados; empresa diz que prática pode comprometer segurança

Por

Enquanto a guerra entre Huawei e Estados Unidos não termina, o Google se pronunciou a respeito da prática de instalar aplicativos como YouTube e Play Store nos celulares da marca chinesa de formas “não oficiais”. Em um artigo de suporte, o buscador alerta que não permite executar seus aplicativos em dispositivos não certificados, e que fazer isso poderia comprometer a segurança do usuário.

Huawei Mate 30 Pro

O artigo é assinado pelo diretor jurídico do Android e Google Play, Tristan Ostrowski. Ele explica que, como os Estados Unidos incluíram a Huawei em uma lista negra que a impede de fazer negócios com qualquer empresa americana, o Google “está proibido de trabalhar com a Huawei em novos modelos de dispositivos ou fornecer aplicativos do Google, incluindo Gmail, Maps, YouTube, Play Store e outros para pré-instalação ou download nesses aparelhos”.

Nada muda para os smartphones da Huawei lançados antes ou em 16 de maio de 2019, data em que a fabricante chinesa foi incluída na lista negra. Curiosamente, o Huawei P30 Pro teve suas vendas iniciadas justamente no dia seguinte no Brasil — no entanto, como ele já estava disponível em outras regiões do mundo, o produto continua recebendo suporte do Google.

Os aparelhos lançados após o banimento da Huawei, como o Mate 30 Pro, são considerados “não certificados” pelo Google. Isso significa que eles não passam pela análise de segurança do Google Play Protect, feito para “garantir que os dados do usuário e as informações dos aplicativos sejam mantidos em segurança”.

Huawei Mate X

“Além disso, os aplicativos do Google instalados por sideload não funcionarão de maneira confiável, uma vez que não permitimos que esses serviços sejam executados em dispositivos não certificados, nos quais a segurança pode ser comprometida. O sideload de apps do Google também gera um alto risco de instalar um aplicativo que foi alterado ou violado de forma a comprometer a segurança do usuário”, diz o Google.

Em resumo: é tudo por sua conta e risco.

Huawei Mate 30 permite instalar apps do Google, mas…

Como nem o Google e nem a Huawei podem fornecer instruções de como instalar o YouTube, Play Store ou outro aplicativo do Google, não há nenhuma forma completamente segura de fazer o processo em um Mate 30 ou outro smartphone mais recente da marca chinesa: você sempre terá que se submeter a gambiarras e confiar em servidores de terceiros.

De fato, nós conseguimos instalar a suíte do Google em um Mate 30 Pro, por meio de um processo que envolvia fazer um backup do sistema e depois restaurá-lo por meio de uma cópia adulterada. Ainda assim, não há como executar softwares que fazem verificações adicionais de segurança, como o Google Pay e aplicativos de bancos em geral. Certos serviços populares, como a Netflix, também negam o acesso — inclusive por meio de aplicativos modificados, que param de funcionar repentinamente.

Como não existe forma segura de instalar no Mate 30 Pro os aplicativos normalmente utilizados pelo público brasileiro, o Tecnoblog não publicou um review do produto e não recomenda a compra do aparelho enquanto a disputa não é resolvida.