Fundação de Bill Gates abre fundo de US$ 125 mi para cura do Covid-19

Programa é uma parceria entre Fundação Bill & Melinda Gates, Wellcome e Mastercard

Emerson Alecrim
Por

Para a Fundação Bill & Melinda Gates, disponibilizar kits domésticos que detectam o coronavírus não é suficiente: a organização anunciou, nesta terça-feira (10), o Covid-19 Therapeutics Accelerator, programa que investirá até US$ 125 milhões em pesquisas para identificar, avaliar e tratar infecções pelo vírus.

Bill Gates

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Fundação Bill & Melinda Gates, a ONG Wellcome e a Mastercard Impact Fund. As duas primeiras destinarão, cada uma, até US$ 50 milhões para o projeto. Já a Mastercard contribuirá com até US$ 25 milhões. Os trabalhos de pesquisas serão conduzidos em parceria com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e agências governamentais de vários países.

O objetivo principal do Covid-19 Therapeutics Accelerator é identificar e desenvolver medicamentos para o tratamento do Covid-19. A Fundação Bill & Melinda Gates explica que, até o momento, não há nenhum tipo de antiviral ou imunoterapia aprovada para o combate ao coronavírus, daí o foco sobre esse aspecto.

“Vírus como [o que causa] o Covid-19 se espalham rapidamente, mas o desenvolvimento de vacinas e tratamentos para detê-los é bem mais lento”, complementa Mark Suzman, diretor-executivo da Fundação Bill & Melinda Gates. A ideia, portanto, é fazer as pesquisas sobre o assunto avançarem mais rapidamente.

Para tanto, os trabalhos com o Covid-19 Therapeutics Accelerator serão conduzidos não só em parceria com a OMS e governos como também com o setor privado e outras organizações sem fins lucrativos.

coronavirus covid-19

Essa abertura vem da experiência da Fundação Bill & Melinda Gates no combate ao surto de Ebola de 2014: na época, a organização percebeu que uma abordagem com vários agentes trabalhando em conjunto tem mais chances de sucesso.

Trabalho não irá faltar. O programa terá como base três estratégias distintas: identificar possíveis terapias, trabalhar com parceiros da indústria para o seu desenvolvimento e coordenar a disponibilização de tratamentos no mercado junto a autoridades de saúde.

O programa considerará todas as etapas necessárias para esse fim, dos esforços de pesquisa de terapias ao desenvolvimento de metodologias de produção. A meta é de disponibilizar os medicamentos a preços acessíveis, especialmente em locais com poucos recursos.

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Relacionados

Relacionados