Início / Notícias / Celular /

Samsung cresce em mercado de processadores de celular

Participação de Samsung e Huawei cresce em 2019, enquanto Qualcomm, MediaTek e Apple sofrem quedas no período

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Samsung assumiu a terceira colocação no mercado de processadores de celulares e tablets em 2019. A fabricante de chips Samsung Exynos foi uma das únicas marcas que expandiram sua participação em comparação ao ano anterior, ao lado da HiSilicon, da Huawei. Qualcomm, MediaTek e Apple sofreram quedas no período. Os números são da consultoria Counterpoint Research.

Galaxy S20 Ultra

A fabricante dos chips Exynos alcançou o terceiro lugar em 2019. Com crescimento de 2,2%, a Samsung se destacou na América Latina, Europa e Índia, cuja empresa abiscoitou 24,1% do mercado global no período. O comportamento se repetiu em outras regiões do mundo.

A Qualcomm manteve a liderança no mercado, ainda que sua participação tenha caído de 35% para 33,4% entre 2018 e 2019. A fabricante do processador Qualcomm Snapdragon 865 manteve market share acima de 30% em quase todas as regiões do mundo, exceto África e Oriente Médio.

A MediaTek vem na sequência. Ainda que se mantenha firme na Índia e demais países asiáticos, devido à alta demanda de celulares de baixo custo e intermediários, a fabricante também sofreu queda no período, de 1,1%.

Ocupam as quarta e quinta colocações a Apple e HiSilicon, com market share de 13,1% e 11,7%, respectivamente. O destaque fica pela empresa da Huawei, que, apesar das sanções dos Estados Unidos, viu seus números crescerem em 2,5%.

Demais companhias apresentaram queda. A participação de mercado dessas empresas reduziu de 4,6% para 3,1%, entre 2018 e 2019.

Confira os números da Counterpoint Research a seguir:

Fabricante20182019Variação
Qualcomm35%33,4%-1,6%
MediaTek25,7%24,6%-1,1%
Samsung11,8%14,1%+2,2%
Apple13,6%13,1%-0,5%
HiSilicon (Huawei)9,2%11,7%+2,5%
Outras4,6%3,1%-1,5%

Corrida pelo 5G

A evolução do 5G é o novo motor de competição entre as fabricantes em 2020. Segundo a Counterpoint Research, o custo de processadores com modem integrado tende a cair na segunda metade de ano. Mesmo assim, soluções que utilizam componentes separados ainda terão boa aparição no mercado.

“Continuaremos a ver também uma solução de dois chips (modem 5G separado) no segmento premium, impulsionada pelos próximos iPhones com 5G e smartphones com processador Qualcomm Snapdragon da série 8xx”, afirma.

Com informações: Counterpoint Research