Notícias Jogos

Nintendo deve aumentar produção do Switch após alta procura

Produção nas fábricas aumentou em 50% e as entregas para novos compradores já estão atrasadas

André Fogaça
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Rumores indicam que, mesmo durante o surto de coronavírus, causador da COVID-19, a Nintendo aumentou a produção em massa do Nintendo Switch e a culpada é a alta demanda pelo console híbrido – junto de seu irmão mais leve e apenas portátil, o Switch Lite.

pokemon home app nintendo switch

Durante o isolamento social, uma das formas mais bacanas de passar o tempo é com algum game na TV. Jogadores que ainda não tinham um Switch começaram a aumentar o número das vendas do console, principalmente depois do lançamento de Animal Crossing: New Horizons. O aumento foi tão grande, que distribuidores comentaram que os pedidos de produção nas fábricas aumentaram em 50% para entregas entre abril e junho.

No final deste ano, a previsão destas fontes é que o total de consoles entregues para novos compradores cresça em 10%, quando comparado ao total do ano anterior. A própria Nintendo publicou uma nota no dia 14 de abril, em sua conta no Twitter, dizendo que as unidades do Switch e Switch Lite seriam enviadas aos compradores nas semanas seguintes, com o pacote que acompanha Animal Crossing: New Horizons chegando aos novos donos apenas no final do mês.

Este crescimento pode até mesmo ganhar forças no Brasil, já que os dois Nintendo Switch já foram homologados na Anatel, o que também aconteceu com o kit de desenvolvimento dos games, Pro Controller e Joy-Cons. Terreno pronto para um lançamento nacional, depois de três anos de vida do console que apenas vende os games no Brasil de forma oficial. Quem sabe assim o híbrido recebe o português brasileiro na lista de idiomas do console, né?

Com informações: Engadget.

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque