Início / Notícias / Gadgets /

Xiaomi suspende venda de carregador rápido por falha de segurança

Xiaomi retira carregador rápido de 65 W com nitreto de gálio (GaN) de circulação por vulnerabilidade em chip sem criptografia

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Xiaomi retirou de circulação seu carregador rápido de 65 watts com nitreto de gálio (GaN). As vendas foram suspensas devido a uma falha de segurança no acessório, cujo funcionamento pode ser alterado por pessoas mal intencionadas para causar danos em dispositivos.

Xiaomi GaN Type-C 65 W

O Xiaomi GaN Type-C 65 W é um carregador da Xiaomi apresentado em fevereiro de 2020 ao lado do Xiaomi Mi 10. O acessório, porém, teve de ser removido das lojas em caráter “emergencial”, de acordo com a fabricante, devido a uma vulnerabilidade.

De acordo com o TechSina, a falha de segurança se dá por conta de um chip eFlash/MTP regravável sem criptografia. Dessa forma, qualquer pessoa pode modificar o funcionamento do carregador, o que permite o aumento da voltagem do acessório para danificar aparelhos que se conectem com o carregador, por exemplo.

Ainda assim, isto não é motivo de pânico para usuários de celulares, já que eles possuem mecanismos de segurança que impedem casos de explosão em caso de sobrecarga, de acordo com o site. O mesmo, porém, não pode ser dito a outros dispositivos, como headphones e demais wearables e periféricos.

Não há previsão de quando o carregador retornará às lojas.

Com informações: Gizmochina, TechSina e Gizchina