Início / Notícias / Negócios /

LG Display amplia prejuízo com falta de demanda por TVs e celulares

O prejuízo registrado neste trimestre foi quase três vezes superior ao mesmo período do ano passado

André Fogaça

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A LG Display, divisão da empresa coreana que faz apenas telas para vários fabricantes, registrou seu quinto trimestre seguido de prejuízos e o culpado é o surto de coronavírus, que fez a venda e fabricação de celulares e TVs diminuírem em todo o planeta.

lg display Guangzhou

Fábrica da LG Display, em Guangzhou (foto: divulgação)

O prejuízo deste trimestre ficou marcado em 362 bilhões de won, três vezes maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. A incerteza sobre o futuro da pandemia de COVID-19 fez com que analistas ainda trabalhassem em um cenário negativo para a LG Display no futuro próximo.

O relatório fiscal, mesmo que pouco interessante para os acionistas, não foi uma surpresa e ficou abaixo do que analistas previam. Isso fez as ações subirem 0,46% e este movimento fez a fabricante recuperar uma pequena parte do que já perdeu desde 11 de março, quando suas ações despencaram 37,1%. Desde então a empresa já recuperou 22,47% do valor de cada ação.

Mesmo com este cenário nada agradável, a LG Display prevê algum aumento na demanda por monitores, tablets e notebooks durante o período de distanciamento social, onde atividades online e trabalho remoto aumentaram consideravelmente. A previsão pode ser pequena para aliviar a queda no lado de smartphones e TVs, mas foi o suficiente para retomar alguma parte da queda nas ações da empresa.

No Brasil, a LG já deu férias coletivas para 70% de seus funcionários da fábrica de Taubaté. Os que fazem parte do grupo de risco da doença receberam licença. Antes disso, no começo de março, a fábrica já interrompeu seus serviços por falta de peças para montar os dispositivos.

Com informações: Reuters.