Auxílio emergencial requer novo cadastro para 12 milhões de pessoas

12 milhões de brasileiros têm dados inconclusivos e precisam refazer cadastro no app ou site da Caixa para auxílio emergencial

Felipe Ventura
Por

Diversas pessoas que fizeram cadastro para receber o auxílio emergencial de R$ 600 terão que refazer o processo no app ou site da Caixa Econômica Federal (CEF): 12 milhões de solicitações não puderam ser analisadas devido a “dados inconclusivos”, segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães.

Caixa Auxílio Emergencial - Dados inconclusivos

Existem vários motivos para o cadastro ser inconclusivo: a pessoa pode ter colocado o CPF errado, ou pode haver divergência entre os membros da família informados por você e por seus parentes.

“Nós temos, por exemplo, CPFs inconclusos, onde o pai registra uma família, a mãe registra a mesma família, e nós não podemos fechar, porque precisamos ter clareza de quem que é o chefe da família para definir os valores de repasses”, explicou Guimarães em transmissão ao vivo, segundo o Agora.

Por que Caixa pede novo cadastro para liberar auxílio?

O aplicativo Caixa Auxílio Emergencial informa os principais motivos que podem causar o erro de “dados inconclusivos”:

  • você marcou que era chefe de família mas não informou nenhum membro na sua família;
  • você não possui informação de sexo masculino ou feminino nas bases de dados do Governo Federal;
  • você informou alguma pessoa da sua família com informação incorreta de CPF e data de nascimento;
  • houve divergência entre os membros da família que você e que outra pessoa da sua família informou;
  • você informou alguma pessoa da sua família que possui indicativo de óbito em alguma base do Governo Federal.

As pessoas que estão com cadastro inconclusivo precisam fazer o recadastramento pelo aplicativo ou site. Ensinamos aqui como solicitar o auxílio emergencial de R$ 600.

Por sua vez, 26 milhões de pessoas foram consideradas inelegíveis para receber o benefício; neste caso, não é possível fazer o recadastramento. O auxílio emergencial tem alguns pré-requisitos: é necessário ser maior de 18 anos de idade, ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50), não receber benefício previdenciário ou assistencial (exceto Bolsa Família), entre outros.

Segundo Guimarães, a Caixa pagou R$ 35,5 bilhões para mais de 50 milhões de brasileiros em cerca de vinte dias. Isso causou excesso de demanda no Caixa Tem, app que permite acesso a serviços sociais como o FGTS e auxílio emergencial. O presidente diz que o banco “tem conversado com a IBM e Microsoft para realizar melhoras”.

Felipe Ventura

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Relacionados

Relacionados