Notícias Finanças

Nubank chega a 25 milhões de clientes no cartão de crédito e conta digital

Nubank lançou cartão de crédito sem anuidade há sete anos; fintech é sexta maior instituição financeira do Brasil

Felipe Ventura
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Nubank lançou seu cartão de crédito sem anuidade há sete anos, em 2013, e agora tem 25 milhões de clientes: isso inclui também os usuários da conta digital (antes chamada NuConta), empréstimos e Rewards. A fintech continua sendo a sexta maior instituição financeira do Brasil, atrás apenas de bancos tradicionais como Bradesco e Itaú.

Cartão de crédito Nubank

Os 25 milhões de clientes do Nubank estão espalhados por todos os 5.570 municípios do Brasil. Os serviços da fintech atraíram 42 mil novas pessoas por dia durante o primeiro trimestre. Ela também está se expandindo para o México e Argentina.

Em comunicado, a empresa destaca que seu perfil de clientes vem mudando um pouco: no período de um ano (entre abril de 2019 e abril de 2020), o número de novos usuários com 60 anos ou mais cresceu 20%. Só no mês de abril, 30 mil idosos aderiram aos serviços da fintech.

Segundo estimativas do Nubank, seus clientes economizaram R$ 8 bilhões com o cartão de crédito e com a conta digital, considerando o custo médio do mercado para anuidade, tarifas para abertura de conta, taxas de manutenção e transferências bancárias.

Nubank é 6ª maior instituição financeira

Dados do Banco Central para o primeiro trimestre de 2020 apontam que o Nubank é a 6ª maior instituição financeira do país, atrás do Bradesco, Caixa, Itaú, Banco do Brasil e Santander.

O ranking completo do Bacen menciona ainda o Banco Pan, com 5,3 milhões de clientes; e o Banco Inter, que também ultrapassou o marco de 5 milhões.

Instituição financeiraNúmero de clientes
Bradesco99,5 milhões
Caixa Econômica Federal96,3 milhões
Itaú Unibanco82,4 milhões
Banco do Brasil66, milhões
Santander48,7 milhões
Nubank25 milhões
Felipe Ventura

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque