Notícias Legislação

Uber traz de volta ciclofaixa de lazer em São Paulo

117 km da ciclofaixa de lazer de São Paulo, que funciona aos domingos e feriados, serão patrocinados pela Uber

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Uber anunciou que as ciclofaixas de lazer retornarão à cidade de São Paulo a partir de domingo (19). Os 117 quilômetros de faixas dedicadas para bicicletas serão operados pela empresa de transporte por aplicativo, que assinou um termo de cooperação com a prefeitura por 12 meses.

Jump / Uber

As ciclofaixas de lazer funcionam em avenidas específicas de São Paulo aos domingos e feriados, das 7 às 16 horas. Elas foram montadas pela última vez na cidade em 25 de agosto de 2019, quando a Bradesco Seguros, que patrocinava a operação, encerrou o contrato com a prefeitura.

O termo de cooperação entre a Uber e a Prefeitura de São Paulo, anunciado em junho, envolve um investimento de R$ 11,5 milhões da empresa de transporte, a única a ter enviado proposta para patrocinar a ciclofaixa de lazer. Não haverá custo para o poder público, e o prazo de 12 meses poderá ser renovado.

“A empresa também oferecerá aos usuários todas as condições de segurança exigidas pelo Poder Público e a sinalização será complementada com mensagens de prevenção ao novo coronavírus. Na inauguração, agentes também vão distribuir a alguns ciclistas um kit incluindo capacete, máscara e álcool em gel”, diz a Uber em comunicado.

Os trechos contemplados são os seguintes:

Uber / ciclofaixa de lazer

  • Av. Paulista / Jabaquara (18,9 km)
  • Av. Paulista / Centro (16,2 km)
  • Jabaquara / Parque Ibirapuera (10,3 km)
  • Parque Ibirapuera / Av. Sumaré (8,5 km)
  • Parque Ibirapuera / Parque do Povo (7,9 km)
  • Parque do Povo / Parque Villa Lobos (15 km)
  • Parque do Chuvisco / Parque do Povo (13,5 km)
  • Zona Norte (8,3 km)
  • Zona Leste (19,1 km)
Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque