LG vai consertar sem custo TVs OLED que superaquecem

Problema está presente em televisores da LG vendidos apenas na Coreia do Sul

Darlan Helder
Por

A LG anunciou nesta semana um programa para consertar TVs OLED com problema de superaquecimento na Coreia do Sul. De acordo com a empresa, o reparo já está sendo realizado em alguns modelos e não haverá custo para o cliente.

As TVs superaquecem devido a um problema na placa de alimentação, informa a Yonhap News Agency. Produzidas entre fevereiro de 2016 e setembro de 2019, ao todo, 60 mil televisores podem apresentar o problema. A LG diz já ter consertado 22 mil. O superaquecimento pode piorar com o passar do tempo, quando o desempenho das TVs começa a diminuir.

TV LG OLED

“Iremos fornecer a troca gratuitamente para a segurança dos clientes”, garantiu a LG em comunicado, informou o ZDNet.

Um porta-voz da companhia sul-coreana ouvido pelo portal The Verge disse que o defeito está afetando aparelhos OLED vendidos na Coreia do Sul, apenas. Apesar disso, a LG investiga possíveis casos em outras regiões.

O programa não é um recall, pondera o porta-voz. Segundo ele, a LG não recebeu intimação de órgãos de proteção ao consumidor. “Nenhum órgão governamental ou agência de proteção ao consumidor está exigindo o reparo. A LG na Coreia está fazendo isso voluntariamente como medida preventiva”.

TV OLED LG B8

Os modelos envolvidos no programa de reparo são: OLED65E6, OLED65G6 e OLED77G6 (2016); OLED65B7, OLED65C7, OLED65E7, OLED65G7, OLED65W7, OLED77G7 e OLED77W7 (2017); OLED65G8, OLED65W8, OLED77C8 e OLED77W8 (2018); e os mais recentes fabricados em 2019: OLED65W9, OLED77B9, OLED77C9 e OLED77W9.

Relacionados

Relacionados