Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Microsoft celebra 25 anos do Windows 95 e de seu botão Iniciar

Sistema operacional da Microsoft "tornou o PC acessível para pessoas normais"; Windows 95 teve interface feita a partir do zero

Felipe Ventura

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Windows 95 foi lançado em 24 de agosto de 1995, ou há exatamente 25 anos: a Microsoft está comemorando o aniversário do sistema operacional para PCs com um vídeo que coloca o botão Iniciar em destaque. A empresa também divulgou entrevistas com dois funcionários de longa data que trabalharam no OS.

Windows 95

Foto por Yining Zhang/Flickr

Meu primeiro PC, da antiga marca Itautec, vinha com o Windows 95 pré-instalado. O sistema teve um papel muito importante em popularizar o uso residencial de computadores pessoais, graças à familiaridade da interface gráfica.

O engenheiro de software Raymond Chen explica no Windows Insider Podcast: “o Windows 95 foi interessante porque tornou o PC acessível para pessoas normais; na época do Windows 3.1, que já representou um salto fantástico, você ainda fazia boot no DOS, ligava o computador, algumas luzes piscavam por um tempo e ele perguntava qual era a data atual… então você fica preso em um cursor piscando, e precisava se lembrar de digitar alguns comandos mágicos”.

Para Chen, os computadores da época “eram uma caixa preta horrível” para o público em geral. E então veio o Windows 95, que levava os usuários diretamente para a interface gráfica. “De repente, as pessoas sabiam como fazer as coisas: você não precisava de um caderno cheio de comandos enigmáticos que apenas um nerd entenderia; era só achar o que você queria e clicar”, diz o engenheiro.

Microsoft fez interface do Windows 95 a partir do zero

O primeiro projeto real de Chen na Microsoft foi o produto que acabou se tornando o Windows 95. O desenvolvedor de software Chris Guzak, por sua vez, começou a trabalhar na empresa durante a época do Windows 2.0; ele acompanhou a transição para as versões seguintes.

No podcast, Guzak afirma que o maior desafio em evoluir do Windows 3.1 para o Windows 95 foi começar a interface (shell) a partir do zero. “Lembro que estávamos trabalhando em implementações parecidas com o Windows 3.1, mas em algum momento — bem, Joe Belfiore apareceu”, conta o desenvolvedor. “Ele se juntou à equipe e eu me lembro dele apresentando sua especificação para a aparência do shell.”

Belfiore definiu como deveria ser a interface do Windows 95 em um documento de cinco páginas que serviu de ponto de partida para o novo design, e que acaba sendo uma referência até nos dias de hoje com o Windows 10.