Trens do RJ aceitam pagamento por aproximação da Visa

Trens do Rio de Janeiro começam a aceitar pagamento por aproximação via NFC com cartões de crédito, débito e pré-pago Visa

Bruno Gall De Blasi
Por

Usuários dos trens do Rio de Janeiro já podem pagar suas passagens por aproximação com cartões de crédito, débito e pré-pago Visa a partir desta segunda-feira (24). A solução já está disponível em catracas presentes em mais de trinta estações da SuperVia.

Trens do RJ aceitam pagamento por aproximação da Visa (Foto: Visa)

O anúncio dessa semana expande a cobertura de cartões aos trens administrados pela concessionária SuperVia, que aceita pagamentos por aproximação via NFC com cartões Mastercard desde 2016. Dessa forma, a partir de agora, as passagens podem ser pagas com as duas bandeiras através de um dispositivo compatível.

Para pagar passagens com a solução, basta aproximar o cartão físico ou o dispositivo móvel com a tecnologia em um validador compatível e embarcar. “A cobrança da tarifa será debitada diretamente na fatura – para cartões de crédito, ou na conta corrente – para cartões de débito ou pré-pagos, sem custo adicional ou taxas”, explicam.

Segundo a Visa, a tecnologia já está disponível em 12 municípios (Rio de Janeiro, Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Japeri, Magé, Mesquita, Nova Iguaçu, Nilópolis, Paracambi, Queimados e São João de Meriti) e em 36 estações dos ramais Belford Roxo, Deodoro, Japeri, Santa Cruz e Saracuruna.

No começo de agosto, a Visa anunciou uma parceria com a CCR Barcas para oferecer pagamentos via NFC nas barcas do Rio de Janeiro. A solução também está disponível no metrô carioca desde 2019 para cartões Visa. Em fevereiro, as estações da MetrôRio começaram a aceitar cartões Mastercard.

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Relacionados

Relacionados