Notícias Negócios

Amazon anuncia seu maior centro de distribuição no Brasil até agora

Amazon tem quatro armazéns na Grande São Paulo mais um centro de distribuição no Nordeste para agilizar entregas

Felipe Ventura
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Amazon anunciou nesta quinta-feira (3) que agora tem cinco centros de distribuição no Brasil: o mais novo deles fica em Cajamar (SP) e é o maior de todos, com área superior a 100 mil m². O armazém será usado para TVs, eletrônicos, brinquedos, produtos de limpeza, entre outros.

Amazon - caixa

Segundo a Amazon, o novo centro de distribuição (CD) ajudará a “fornecer um serviço de entrega rápida e conveniente aos clientes”. Ela oferece frete grátis em diversos produtos para quem paga o Amazon Prime; o Brasil é o país com o crescimento mais rápido dessa assinatura desde o lançamento.

Os funcionários ajudarão a receber, embalar e despachar itens de diferentes tipos; a empresa oferece cerca de 30 milhões de produtos em mais de 30 categorias pro venda direta e marketplace. Alex Szapiro, Country Manager da Amazon no Brasil, afirma em comunicado que o CD adota medidas para garantir a “segurança, distanciamento social e higienização”.

Amazon e Mercado Livre abrem armazéns no Nordeste

A pandemia da COVID-19 serviu como forte estímulo para o setor de e-commerce no Brasil: a Amazon teve um “crescimento extraordinário” no país, segundo Szapiro. Agora ela possui quatro armazéns na Grande São Paulo, localizados em Cajamar e em Barueri; eles concentram as entregas para Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Há também um centro de distribuição da Amazon em Cabo de Santo Agostinho, região metropolitana do Recife (PE), inaugurado em dezembro de 2019 para focar nas regiões Norte e Nordeste. O Mercado Livre, por sua vez, anunciou em julho um novo centro de distribuição em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (BA); este será seu terceiro armazém.

Felipe Ventura

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque