Notícias Finanças

Pix foi usado em 1.570 transferências no primeiro dia, diz BC

Banco Central informou que Pix movimentou R$ 142 mil na abertura e concluiu transações em até 6 segundos na metade dos casos

Victor Hugo Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Banco Central revelou os primeiros números do Pix após o início do modo soft opening, isto é, a operação restrita para alguns clientes. Segundo o BC, o sistema registrou 1.570 transferências das 9h às 17h de terça-feira (3). Nesse período, os usuários movimentaram um total de R$ 142 mil, o que indica para transações de cerca de R$ 90, em média.

Pix em aplicativo da Caixa (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Pix em aplicativo da Caixa (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Apesar dos números, a transferência com valor mais alto equivale a mais da metade do total movimentado. No primeiro dia da operação restrita, um usuário realizou um envio de R$ 85 mil via Pix. O modo soft opening conta com a participação de 1% a 5% dos clientes das 762 instituições que se registraram para oferecer o serviço. Elas representam, ao todo, 97% das contas bancárias ativas no Brasil.

Em seu balanço sobre o início da operação, o BC afirmou ter identificado momentos de instabilidade nos sistemas de algumas empresas, mas explicou que eles eram esperados nesta etapa de implantação do sistema. O órgão afirmou que, ainda assim, o tempo médio para conclusão das transferências respeitou o limite esperado de 10 segundos. Em 50% dos casos, a transação foi concluída em até 6 segundos.

O sistema de transferência e pagamentos instantâneos já recebeu 25 milhões de registros de pessoas físicas e, 1 milhão de empresas. Como cada usuário pode registrar número de celular, e-mail, CPF, CNPJ e um código aleatório como chave, os números desses registros são ainda maiores. O BC afirmou que 2,24 milhões de chaves foram cadastradas apenas na terça-feira (3) e  mais de 60 milhões registradas desde a abertura do sistema.

Pix será liberado gradualmente

O Pix terá horários diferenciados até 15 de novembro, quando se encerrará a fase restrita do serviço. Nesse intervalo, as transferências poderão ser realizadas das 9h às 22h, com exceção dos dias 5 e 12 de novembro (quintas-feiras), quando a operação acontecerá das 9h às 24h, e dos dias 6 e 13 de novembro (sextas-feiras), quando será realizada da 0h às 22h.

A operação plena do Pix começa em 16 de novembro, quando será possível enviar e receber transferências 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Com informações: TeleSíntese, Mobile Time.

Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque