Notícias Brasil

Antes da Black Friday, preços sobem no Magalu, Americanas e Ricardo Eletro

Levantamento do Vigia de Preço mostra lojas que mais subiram ou baixaram preços nos últimos dias antes da Black Friday 2020

Felipe Ventura
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

É uma tradição anual: varejistas aumentam os preços algum tempo antes da Black Friday para poderem fazer ofertas pela metade do dobro. Um levantamento do Vigia de Preço indica que isso está acontecendo nas lojas online da Asus, JBL e Multilaser, além de plataformas de e-commerce como Americanas, Magazine Luiza e Ricardo Eletro.

Pagamentos online (Imagem: Pixabay)

Pagamentos online (Imagem: Pixabay)

O Vigia de Preço, mesma empresa que faz a extensão Assistente de Compras do Tecnoblog, preparou um ranking da Black Friday com as lojas que mais aumentaram ou baixaram preços nos últimos 30, 15 e 7 dias. A lista é feita com ferramentas automatizadas que monitoram 125 milhões de produtos em mais de 1.500 e-commerces no Brasil.

A partir disso, é calculada a proporção de produtos cujo preço aumentou (no intervalo de 1% a 5%, de 5% a 15%, ou acima de 15%), cujo preço diminuiu (de 1% a 10%, ou acima de 10%) e cujo valor se manteve estável (variou entre -1% e 1%). Você pode conferir o ranking neste link.

Lojas com altas de preço mais extremas

Primeiro, vamos considerar somente os aumentos extremos de preço (acima de 15%), assim como as quedas mais relevantes (acima de 10%).

Segundo o Vigia de Preço, quase 27% dos produtos vendidos na loja online da JBL ficaram mais caros nos últimos trinta dias; no caso da Asus, a proporção é de 25%. Enquanto isso, cerca de 12% dos itens na Ricardo Eletro, Americanas e Magalu tiveram forte aumento de preço, incluindo aí os vendedores do marketplace.

Estas são as lojas que tiveram mais produtos com altas variações de preço nos últimos 30 dias:

Quantos produtos tiveram alta de preço acima de 15%?Quantos produtos tiveram queda de preço acima de 10%?
JBL26,7%1,6%
Asus25,2%0,0%
Multilaser18,7%6,5%
Ricardo Eletro12,6%1,8%
Magazine Luiza12,4%2,6%
Americanas12,3%4,1%
Kabum12,1%3,8%
Girafa11,2%3,0%
Casas Bahia10,5%3,2%
Fast Shop5,7%5,0%
Submarino4,3%1,0%
Amazon4,2%1,4%

Lojas com mais aumentos (ou cortes) de preço

O ranking do Vigia de Preço destaca sites que tiveram variação superior a 1%, seja de alta ou de baixa. Levando em consideração esses números, a ordem muda um pouco, mas as Americanas, Magalu e Ricardo Eletro continuam liderando. De um jeito ou de outro, é bom ficar de olho e prestar atenção no histórico de preços para aproveitar a Black Friday.

Eis os principais destaques do ranking, considerando as variações entre -1% e 1% nos últimos 30 dias:

Quantos produtos aumentaram de preço? (mais que 1%)Quantos produtos baixaram de preço? (mais que 1%)
Asus71%7%
JBL59%2%
Americanas41%17%
Multilaser38%21%
Magazine Luiza35%26%
Ricardo Eletro30%15%
Amazon30%13%
Girafa28%19%
Kabum28%11%
Casas Bahia22%11%
Submarino18%4%
Fast Shop17%19%

Atualizado às 20h25: o texto foi modificado para se concentrar nas variações extremas de preço (alta superior a 15% ou queda maior que 10%), assim refletindo melhor a movimentação das lojas antes da Black Friday 2020.

Felipe Ventura

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque