Disney+ avança contra Netflix e chega a 86,8 milhões de assinantes

Serviço de streaming atinge metas previstas para 2024 e chega à quase metade da base de assinantes da principal rival

Ana Marques
Por
• Atualizado há 3 meses
Disney Investor Day 2020
Disney Investor Day 2020 (Imagem: Reprodução/Disney)

Pouco mais de um ano após a sua estreia no mercado internacional, o Disney+ chegou a 86,8 milhões de assinantes. Trata-se de praticamente metade da base de clientes da Netflix, um número que chega bem próximo à estimativa máxima feita pela Disney para o final de 2024. O balanço foi revelado nesta quinta-feira (10) durante o Investor Day 2020.

O crescimento acima da média que o Disney+ teve este ano está intimamente ligado ao avanço da pandemia da COVID-19. Com medidas de isolamento em diversos países do mundo, os serviços de streaming foram uma das mais buscadas opções de entretenimento da quarentena.

Mas, mesmo após medidas de flexibilização em muitas regiões, a empresa continuou expandindo a sua base em ritmo acelerado. Em novembro, o serviço chegou ao Brasil após meses de muita espera. De outubro para cá, houve crescimento de 13,1 milhões de assinantes globais.

Disney Investor Day 2020
Balanço de assinantes globais apresentado no Disney Investor Day 2020 (Imagem: Reprodução/Disney)

Novos conteúdos originais para fãs de Star Wars e Marvel

Em meio à enorme onda de sucesso, a Disney anunciou a separação da produção e distribuição de conteúdo para um foco ainda maior no streaming. De acordo com o CEO Bob Chapek, o serviço excedeu as “maiores expectativas” da empresa.

Novos conteúdos originais foram anunciados nesta quinta-feira: a empresa afirmou que planeja 10 séries sobre o universo Marvel e 10 sobre Star Wars para os próximos anos. Além disso, o conglomerado de mídia também pretende lançar 15 novas séries e 15 novas animações com selo Disney ou Pixar em um futuro próximo, muitas delas serão lançadas diretamente no Disney+.

De acordo a Variety, as previsões recentes de analistas indicam que o Disney+ deve fechar o ano fiscal de 2024 com 135 milhões de assinantes. Um ano depois, a base de clientes deve chegar a 145 milhões, proporcionando receita de cerca de US$ 11 bilhões em 2025.

Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e escreve sobre tecnologia há 7 anos. Formada pela UFRJ, está na equipe do Tecnoblog desde 2020. Já passou pelo TechTudo (Globo) e pelo hub de conteúdo do Zoom, onde cobriu eventos nacionais e internacionais, analisando celulares, fones e outros eletrônicos. De 2019 a 2022, escreveu a coluna semanal "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Antes disso tudo, cursou Farmácia e fundou uma banda de rock.

Relacionados

Relacionados