Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Signal libera papéis de parede e stickers animados para todos

Após polêmica de privacidade do WhatsApp, Signal reforça suas funções para manter usuários "refugiados" na plataforma

Ana Marques

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Signal segue investindo em recursos para melhorar a experiência do usuário no app. A versão estável mais recente do mensageiro (5.3.1 no iOS e 5.3.7 no Android) conta com funções presentes no WhatsApp, como papéis de parede para as conversas e stickers animados. A atualização traz também a adição da seção “Sobre” para o perfil.

Signal ganha papéis de parede para conversas

Signal ganha papéis de parede para conversas (Imagem: Divulgação/Signal)

As novas funções já estavam em testes na versão beta do Signal desde a última semana. Com os wallpapers, será possível escolher entre imagens pré-definidas ou enviar uma foto da galeria para personalizar os chats. Os papéis de parede podem ser aplicados a uma conversa específica ou a todas elas.

As novidades incluem ainda otimizações que prometem reduzir o consumo de dados durante chamadas feitas pelo aplicativo para iOS. Com a atualização, o software poderá pausar automaticamente o download de anexos durante ligações, e ganha também um modo de compactação de imagem aprimorado.

Melhorias para cativar ex-usuários do WhatsApp

Com a crescente onda de novos usuários em decorrência das polêmicas de privacidade envolvendo o WhatsApp, o Signal – recomendado por ninguém menos que Elon Musk – vem se esforçando para tornar o seu serviço ainda mais atrativo e confortável para quem migrou de mensageiro.

Há algumas semanas, a Signal Foundation anunciou seus planos para contratação de mais funcionários. A empresa também prometeu melhorar chamadas de vídeo no app.

A explosão repentina também tem suas dores: recentemente, reportamos os alertas de ex-funcionários e pessoas que ainda trabalham na empresa a respeito da falta de políticas de moderação de conteúdo que garanta o uso correto da plataforma.

Com informações: The Verge