Amazon vai monitorar entregadores de encomendas usando câmeras com IA

Amazon pretende implementar Driveri, sistema que utiliza câmeras com inteligência artificial (IA) para monitorar motoristas

Bruno Gall De Blasi
Por

A Amazon quer utilizar câmeras com inteligência artificial (IA) para monitorar os entregadores de encomendas enquanto dirigem. De acordo com o The Information nesta quarta-feira (3), o acompanhamento será realizado com o Driveri, plataforma da companhia americana Netradyne para analisar motoristas.

Funcionário trabalha no setor de logística (Imagem: Divulgação/Amazon)

Funcionário trabalha no setor de logística (Imagem: Divulgação/Amazon)

A tecnologia se baseia em um dispositivo que traz duas ou quatro câmeras, a depender do modelo escolhido. Quando habilitado, o sistema é capaz de filmar e fornecer análises com recursos de inteligência artificial sobre a condução. A plataforma ainda notifica, por exemplo, quando o motorista se distrai ao volante.

Ao The Verge, a Amazon disse que está “investindo em segurança” em suas operações e que recentemente começaram a disponibilizar uma “tecnologia de segurança baseada em câmera líder do setor” na frota de entrega. Para a companhia, a solução ajudará os entregadores a se sentirem mais seguros “quando estiverem na estrada”.

Mas a novidade pode não inspirar muitos ânimos entre os motoristas. Isto porque, segundo um entregador entrevistado pelo The Information, a preocupação agora se concentra em “qualquer possível erro que a inteligência artificial pensa que viu” enquanto o Driveri estiver ativo.

Amazon quer implementar câmera com IA para monitorar motoristas (Imagem: Reprodução/Amazon)

Amazon quer implementar câmera com IA para monitorar motoristas (Imagem: Reprodução/Amazon)

Como a câmera para monitorar motoristas funciona?

A Amazon deu mais explicações sobre o funcionamento do Driveri em um vídeo não listado no Vimeo. Nele, a gerente sênior para segurança da empresa, Karolina Haraldsdottir, afirma que o sistema, que utiliza quatro câmeras, chega para reduzir os acidentes e os riscos aos entregadores no trânsito.

Segundo Haraldsdottir, o aparelho filma o tempo todo, mas não grava áudio, não faz transmissão ao vivo e tem um LED para indicar se as imagens estão sendo captadas. A executiva também listou 16 ações que acionam o sistema, separados em três grupos.

Situações em que as câmeras do Driveri serão acionadas (Imagem: Reprodução/Amazon)

Situações em que as câmeras do Driveri serão acionadas (Imagem: Reprodução/Amazon)

O primeiro avisa em casos de excesso de velocidade, distração ao volante, quando o motorista avança uma placa de “Pare” e afins. Ao identificar ocorrências nesse padrão, o sistema emite alertas sonoros, como “por favor, reduza a velocidade”, ao motorista.

O segundo grupo não chega a notificar. Mas o sistema é acionado se houver freadas bruscas, pequenos impactos, viagens sem cinto de segurança, entre outros. O motorista também pode ativar a plataforma manualmente pelo botão de alerta.

As análises são feitas com inteligência artificial com base nas imagens coletadas pelas câmeras. Além disso, a plataforma também é capaz de identificar placas ou quando o condutor não mantém uma distância segura de outros veículos, por exemplo.

Haraldsdottir ainda explica que as imagens são enviadas na ocorrência de alguma dessas dezesseis ocasiões e que o conteúdo só pode ser acessado por um grupo limitado de pessoas autorizadas. Além disso, as câmeras podem ser desativadas, mas somente após desligar o carro.

Com informações: Amazon (Vimeo), Engadget, The Information e The Verge

Relacionados

Relacionados