Notícias Aplicativos e Software

Microsoft vai remover navegador Edge antigo de todos os PCs

Edge Legacy será removido do Windows 10 em atualização e dará lugar à sua versão mais recente, baseada no Chromium

Victor Hugo Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Microsoft definiu quando o Edge Legacy chegará ao fim no Windows 10. De acordo com a empresa, a antiga versão do navegador será removida do sistema e dará lugar à sua versão mais recente em 13 de abril. No entanto, o suporte à primeira geração do programa acabará antes, em 9 de março.

Edge Legacy será substituído por versão baseada no Chromium (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Edge Legacy será substituído por versão baseada no Chromium (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

O anúncio do fim do suporte ao Edge Legacy havia sido anunciado pela Microsoft em 2020. Agora, há mais detalhes sobre como acontecerá a transição para o novo Edge, baseado no Chromium. A empresa afirmou que a versão antiga dará lugar à mais nova na atualização de segurança conhecida como Windows 10 Update Tuesday.

A mudança também acontecerá em dispositivos que se anteciparem com a versão Windows 10 March Preview. Em ambas atualizações, a antiga versão do Edge será desinstalada caso esteja no PC. Além disso, a nova versão será instalada automaticamente se não ainda não estiver presente na máquina.

Transição para o novo Edge

Essas alterações ocorrem nas versões 1803, 1809, 1903, 1909, 2004 e 20H2 do Windows 10. A Microsoft explica que a versão 1803 não receberá a prévia de março e, por isso, fará a transição somente em abril. A versão 20H2, por sua vez, já usa o novo Edge por padrão e, no seu caso, ocorrerá apenas a remoção do Edge Legacy.

Com a mudança para o novo Edge, os atalhos presentes na barra de tarefas e no desktop serão atualizados automaticamente. A companhia afirmou ainda que, mesmo com o fim do Edge Legacy, vai manter o suporte de seu motor de renderização, o EdgeHTML. A solução, que deu lugar ao Chromium, seguirá funcionando em apps que dependem dela.

O fim do Edge marca uma nova etapa no ecossistema de navegadores da Microsoft. Criado em 2015 para substituir o Internet Explorer, o programa deu lugar em janeiro de 2020 ao novo Edge baseado no Chromium. No início de 2021, o navegador mais moderno da empresa havia alcançado 600 milhões de usuários no PC e no celular.

Com informações: Microsoft.

Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque