Bill Gates explica no Clubhouse por que prefere Android ao iPhone

O filantropo Bill Gates comenta em entrevista que seu celular pessoal é um Android, mas afirma até ter amigos com iPhones

André Fogaça
Por

Bill Gates, famoso por ser cofundador da Microsoft, comentou em entrevista dentro do aplicativo Clubhouse que prefere o Android ao iPhone com o iOS. O papo foi o primeiro do filantropo dentro da rede social focada em conversas por áudio que ainda não está disponível para seu sistema operacional móvel predileto.

Bill Gates (Imagem: OnInnovation/Flickr)

Bill Gates (Imagem: OnInnovation/Flickr)

A conversa aconteceu com ajuda do jornalista Andrew Ross Sorkin, colunista e editor do The New York Times e co-âncora da Squawk Box, no canal americano da CNBC. O papo, marcado pela própria sala do Clubhouse como “sobre qualquer coisa”, durou mais de uma hora e abordou temas como redes sociais, desastres climáticos, pandemia de COVID-19 e até mesmo teorias da conspiração envolvendo o nome de Bill Gates.

Logo nos primeiros minutos da entrevista, Sorkin comenta que ouviu de algumas pessoas que Bill Gates tem um iPhone. Gates logo responde: “Na verdade eu uso um celular Android. Como quero acompanhar tudo, eu costumo usar alguns iPhones, mas o aparelho que carrego comigo é um Android”.

YouTube video

O jornalista segue perguntando se “esse negócio de Apple versus Android é uma coisa religiosa”. Bill Gates afirma que “alguns dos fabricantes de Android pré-instalam software da Microsoft de uma forma que torna tudo mais fácil para mim. Eles (aparelhos Android) são mais flexíveis sobre como o programa se conecta ao sistema operacional”.

“Então foi a isso que acabei me acostumando. Sabe, muitos dos meus amigos usam iPhone, então não há pureza”, complementa o filantropo. A conversa, além da dupla, também contava com um dos fundadores do próprio Clubhouse, Paul Davidson. Neste momento Andrew Ross Sorkin fala que a equipe de desenvolvimento da rede social está trabalhando duro na versão do app para Android.

“Alguém perguntou, em outro dia, qual é o melhor recurso que nós estamos animados enquanto desenvolvemos e eu respondi: Android. É muito importante, especialmente no mercado internacional”, comenta Paul.

O papo segue em outras direções e Steve Jobs é mencionado, com Bill Gates comentando que teve um relacionamento incrível com o ex-CEO da Apple. “Steve era único”, comenta Gates.

Bill Gates já usa Android desde 2017

Bill Gates e Android é uma dupla com alguns pontos polêmicos, já que foi o sistema operacional móvel do Google que tomou o lugar da Microsoft como uma das opções para smartphones.

Em junho de 2019 Gates afirmou que a derrota da empresa que ajudou a formar no mundo dos celulares, justamente para o Android, é seu maior erro. “O maior erro de todos os tempos foi alguma falha de gestão da minha parte que fez a Microsoft não ser o que o Android é hoje. Ou seja, o Android é a plataforma padrão para celulares que não são da Apple. Era algo natural para a Microsoft conquistar,” comentou.

Antes disso, em 2017, quando o Windows Phone ainda existia e ocupava míseros 0,3% de todo o mercado de smartphones, até mesmo Bill Gates trocou seu aparelho com sistema operacional da Microsoft por um Android – na época o CEO da Microsoft já era Satya Nadella, após a saída de Steve Ballmer.

Com informações: Android Authority e MacRumors.

Relacionados

Relacionados