Início / Notícias / Brasil /

Leilão da Receita Federal tem celular Xiaomi a partir de R$ 220

A Receita também está leiloando iPhones, AirPods, iPads, MacBooks e celulares Samsung; propostas vão até o dia 22 de março

Por

Quem busca por eletrônicos por um preço bem mais baixo do que o praticado no mercado pode encontrar no leilão da Receita Federal uma chance de comprar o produto dos sonhos. No edital recente publicado para um leilão em Belém (PA), o órgão disponibiliza um Redmi Note 9S por lance mínimo de R$ 220. Também há oportunidades para quem é fã da Apple, com lotes que incluem iPhones, Apple Watches, MacBooks e até iPads.

Redmi Note 8 (Imagem: Divulgação/Receita Federal)

Lote inclui três unidades do Redmi Note 8 por R$ 380 (Imagem: Divulgação/Receita Federal)

O leilão de mercadorias apreendidas ou abandonadas tem 130 lotes no total, mas nem todos estão disponíveis para pessoas físicas. Entre os produtos eletrônicos, temos a maioria composta por smartphones, com destaque para os celulares da Xiaomi.

Além do lote citado acima, com lance mínimo de R$ 220, há um outro que inclui três unidades do Redmi Note 8 por a partir de R$ 380. É válido ressaltar que esses valores tendem a subir à medida em que as propostas são feitas.

Apple também marca presença no leilão da Receita

O leilão também traz muitos produtos da Apple, mas a maioria disponível apenas para pessoas jurídicas. Um dos lotes inclui duas unidades de iPhone 11 por a partir de R$ 1.500. Em alguns grupos, é possível encontrar os fones de ouvido AirPods, além de unidades do Apple Watch e até MacBooks. O Lote 66 traz um iPad Air de terceira geração por mínimo de R$ 2.500.

Veja a seguir o que há nos lotes com eletrônicos liberados para pessoas físicas. Você pode conferir todos os lotes na página da Receita.

LoteAparelhosLance mínimo
413 unidades do Redmi Note 8R$ 380
423 unidades do Redmi Note 8, mais itens diversosR$ 420
46Redmi 9 e uma câmera endoscópio para AndroidR$ 280
48Redmi Note 9, Redmi Note 8 e uma película de vidro para celularR$ 350
49Redmi Note 9 ProR$ 250
51Redmi Note 9SR$ 220
70Redmi Note 8, Galaxy A20s, mais itens diversosR$ 600
832 Apple Watch, 2 Redmi Note 8, 2 Redmi Note 9R$ 2.200
84, 86 e 882 Apple Watch, 2 Redmi Note 8, 2 Xiaomi Mi A3R$ 2.100
85, 87, 892 Apple Watch, 2 Redmi Note 7, 2 Redmi Note 9R$ 2.200
90Apple Watch, 2 Xiaomi Mi A3, 2 Redmi Note 7R$ 2.100
912 iPhones 7, 2 Redmi Note 9 e uma Mi Band 4R$ 2.100
92, 93, 94, 96, 97, 98, 99, 100, 102, 103 e 1042 Mi Band 4, 2 Redmi Note 8, 2 Xiaomi Mi A3R$ 2.000
95, 1012 Redmi Note 7, 2 Redmi Note 9, 2 Mi Band 4R$ 2.200

O leilão receberá propostas até o dia 22 de março de 2021. Além disso, a Receita reforça que os bens adquiridos por pessoas físicas devem ser para seu próprio uso ou consumo, isto é, não podem ser comercializados. O arrematante fica responsável por cumprir eventuais exigências da Anatel.

O edital informa ainda que não há incidência de tributos federais sobre as mercadorias, mas há incidência de ICMS no valor da arrematação.