Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Spotify aumenta preços de planos Premium em até 30% no Brasil

O plano Premium Família do Spotify, por exemplo, salta de R$ 26,90 para R$ 34,90 por mês; reajuste afeta Brasil e outros países

Emerson Alecrim

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A semana começou com uma decisão nada animadora para usuários do Spotify no Brasil e em outros mercados: nesta segunda-feira (26), a companhia promoveu um reajuste de preços em seus serviços Premium. Todos os planos atuais foram afetados: Universitário, Individual, Duo e Família. Neste último, o aumento chega a 30%.

Spotify no iPhone (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Spotify no iPhone (imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

De acordo com os e-mails que o Spotify tem enviado aos assinantes, as mudanças de preço entram em vigor a partir de 30 de abril de 2021. Mas, para quem já é assinante, os novos valores serão aplicados somente nas faturas cobradas a partir de julho.

Estes são os novos preços do Spotify (cobrança mensal):

  • Premium Universitário: de R$ 8,50 para R$ 9,90 (+16%)
  • Premium Individual: de R$ 16,90 para R$ 19,90 (+18%)
  • Premium Duo: de R$ 21,90 para R$ 24,90 (+14%)
  • Premium Família: de R$ 26,90 para R$ 34,90 (+30%)

Enquanto o plano Premium Duo teve aumento de 14%, o reajuste da modalidade Premium Família chega a aproximadamente 30%. Porém, esta última opção permite que até seis pessoas que moram na mesma casa possam usufruir do serviço (contra dois usuários no plano Duo).

Os reajustes não se aplicam apenas ao Brasil. Usuários do Spotify no Reino Unido e outros países europeus também estão recebendo e-mails informando sobre a decisão. Na Europa, os aumentos variam entre € 1 e € 3.

Até o momento, o Spotify não justificou a decisão de aumentar os valores dos planos Premium. Os e-mails informam apenas que os reajustes permitirão que o serviço continue “trazendo novos conteúdos e recursos”, mas não ficou claro, por exemplo, se haverá aumento de remuneração para os artistas.

As assinaturas dos planos Premium do Spotify não passam por reajuste desde 2016, quando a modalidade Individual, por exemplo, pulou de R$ 14,90 para R$ 16,90 por mês.

Esse longo período sem reajuste até pode justificar o aumento de mensalidade em 2021, mas coloca pressão sobre o Spotify no quesito concorrência. O plano Família é o exemplo mais notável: essa opção passa a ficar menos interessante em relação ao pacote Apple One Familiar, que custa R$ 37,90 por mês e inclui Apple Music, TV+, Arcade e iCloud.