Google promete não criar backdoor no FLoC, substituto de cookies

Google afirma que vai usar ferramentas próprias para obter dados individuais enquanto aplica o FLoC a anunciantes

Pedro Knoth
Por

O Google está se despedindo dos cookies de terceiros para adotar uma nova ferramenta que mensura dados de grupos de usuários e vende anúncios online, o Federated Learning of Cohorts (FLoC). Mas há uma preocupação entre anunciantes digitais de que a big tech abra exceções para si mesma à medida que força outros a cumprirem a nova regra de privacidade — criando vantagens para si mesma, ou um “backdoor”.

Google FLoC (Imagem: Divulgação / Google)

Google FLoC (Imagem: Divulgação / Google)

FLoC substitui cookies, mas pode dar vantagem ao Google

Jerry Dischler, vice-presidente e gerente geral de Ads no Google, afirma que a API aberta da Privacy Sandbox — novo conjunto de ferramentas de privacidade — oferecida aos anunciantes será a mesma usada pela big tech. “Nós usaremos esse [Privacy Sandbox] para nossos próprios ads e soluções de medida como todo mundo, e não vamos construir uma backdoor para nós mesmos,” ele explica.

Um backdoor, nesse caso, seria o Google forçar outros a usarem o FLoC, que limita a captação e mensuração de dados e o papel do anunciante, enquanto a big tech tem acesso a informações mais detalhadas dos usuários e pode ganhar vantagem — ilegal, no caso. A nova ferramenta que substituirá os cookies de terceiros foi alvo de uma investigação antitruste do governo do Reino Unido.

O FLoC – Aprendizado Federado de Coortes, em tradução livre – basicamente deixa de rastrear a atividade de um único usuário durante a navegação para coletar dados de grupos de pessoas e vendê-los aos anunciantes. A nova ferramenta do Google vai oferecer propagandas a fãs da Nintendo, ao invés de mirar em um único usuário que clicou em uma notícia sobre o Switch, por exemplo.

O Google deixou claro que poderá usar ferramentas próprias para obter dados individuais de usuários — na contramão do próprio FLoC. A big tech não confirmou no Google Marketing Livestream, na quinta, se vai incluir o Chrome ou o YouTube nessa categoria.

EFF chama nova ferramenta do Google de “terrível ideia”

Grandes firmas de tecnologia e anunciantes digitais questionam a mudança da ferramenta de privacidade do Google. A Electronic Frontier Foundation (EFF) chama o FLoC de “uma terrível ideia”, já que ele estaria mascarando uma nova geração mais sofisticada de rastreamento que vai além dos cookies.

“A questão não é sobre ser ou não um backdoor,” disse Amanda Martin, vice presidente de parcerias corporativas da agência de anúncios digitais Goodway Group, ao Digiday. “É definir o que pode ser considerado como uma ferramenta que o Google possui ou opera, e como [anunciantes] veem essa categoria em conjunto com seus dados primários… o ecossistema do Google é complicado, já que ele é dono de várias ferramentas.”

No evento, Jerry Dischler reafirmou a visão do Google, que considera os cookies de terceiros como uma ferramenta ultrapassada: “cookies de terceiros e outros identificadores pelos quais alguns [anunciantes] da indústria estão advogando não correspondem com a alta expectativa de consumidores quando se trata de privacidade. Não devem aguentar a evolução rápida da regulação; e não são viáveis a longo prazo.”

Como desativar o FLoC no seu Google Chrome

O FLoC já pode ser testado por usuários do Chrome no Brasil. O Tecnoblog mostra a seguir o passo a passo de como bloquear a nova ferramenta de coleta de dados do Google. Ele pode ser habilitado no menu principal de configurações do navegador.

A partir da tela do menu principal, vá para a sessão de “Privacidade e Segurança”. Clique na opção “Cookies e dados de outros sites”. Habilite a opção de “bloquear cookies de terceiros”.

Opção de bloquar cookies de terceiros (Imagem:Reprodução)

Opção de bloquar cookies de terceiros na aba de Privacidade e Segurança (Imagem:Reprodução)

No Android essa configuração é diferente. Clique em “configurações de sites” e, em seguida, selecione Cookies e habilite a opção de “bloquear os todos os cookies terceiros de sites”.

Para ter acesso à Privacy Sandbox, é necessário ativar manualmente a versão experimental indo em chrome://flags/#privacy-sandbox-settings-2. Defina algumas funções como habilitadas e depois clique em Relaunch. Ao retornar às configurações de Privacidade e Segurança, a nova opção deve aparecer.

Nova opção dpara habilitar a Privacy Sanbox (Imagem: Reprodução)

Nova opção dpara habilitar a Privacy Sanbox (Imagem: Reprodução)

A função aparece como desligada, mas ela pode estar ativa caso o usuário participe do teste do FLoC. Isso foi testado na versão 90.0.4430.212 do Google Chrome.

A nova ferramenta de Privacy Sandbox, do Google, pode ser desativada ou habilitada (Imagem: Reprodução)

A nova ferramenta de Privacy Sandbox, do Google, pode ser desativada ou habilitada (Imagem: Reprodução)

Com informações: Digiday e Android Police

Relacionados

Relacionados