Notícias Negócios

Nubank coloca Anitta no conselho de administração para ajudar em estratégia

Cantora e empresária vai ajudar o Nubank a desenvolver produtos focados em "empoderar as pessoas"; Anitta é a terceira mulher do Conselho

Ana Marques
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Nubank anunciou nesta segunda-feira (21) que a cantora e empresária Anitta passará a integrar o conselho de administração da empresa para ajudar em decisões estratégicas da fintech. Segundo o Nubank, o objetivo é que Anitta ajude a desenvolver produtos focados em “empoderar as pessoas”.

Anitta entra para conselho de administração do Nubank (Imagem: Divulgação/Nubank)

Anitta entra para conselho de administração do Nubank (Imagem: Divulgação/Nubank)

Anitta é o maior ícone pop da América Latina na atualidade, mas a fama conquistada é fruto de habilidades que vão além do talento musical da cantora. De origem periférica, a artista utilizou sua visão empreendedora para expandir sua carreira internacionalmente – e esse olhar visionário e inclusivo é o que o Nubank quer agregar ao seu negócio para levá-lo ao “próximo nível”.

“Anitta tem profundo conhecimento do comportamento dos consumidores nesses mercados que tem explorado e tem muita experiência em estratégias de marketing vencedoras. Essas competências foram chave para a convidarmos para o Conselho”, afirma David Vélez, CEO e fundador da empresa.

É claro, a influência de Anitta também é fator fundamental para a nova estratégia. Com mais de 14 milhões de seguidores no Twitter e 54 milhões no Instagram, a cantora é a terceira mulher do conselho administrativo do Nubank, ao lado de Anita Sands, professora da universidade americana de Princeton e ex-diretora de operações do banco suíço UBS, e de Jacqueline Reses, ex-presidente da fintech Square e atual presidente do Conselho Consultivo Econômico do FED, o banco central norte-americano.

“É muito chato e constrangedor não conseguir ter acesso a produtos financeiros. Muita gente na América Latina sempre viveu de emprego informal. Como essas pessoas vão ter histórico de crédito? Fiquei impressionada ao ver o trabalho do Nubank em fazer com que milhões de pessoas se sintam incluídas, podendo ter uma vida financeira melhor”, Anitta.

Nubank vale US$ 30 bilhões após investimento milionário

O Nubank está em plena expansão após receber um aporte de US$ 500 milhões da empresa Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett. A fintech chegou ao valor de mercado de US$ 30 bilhões no início de junho e planeja aumentar seu portfólio de serviços, além de reforçar a presença internacional.

A empresa concluiu recentemente a compra da Easynvest e iniciou integração entre a corretora e o banco digital. A ideia é tornar seu portfólio de serviços financeiros mais completo, atingindo desde os clientes que procuram produtos básicos, como conta corrente e cartão de crédito, até os mais exigentes, como investidores experientes.

Ana Marques

Editora-assistente

Ana Marques é jornalista e trabalha com tecnologia há 6 anos. Formada pela UFRJ, já passou pelo TechTudo (Globo) e pelo hub de conteúdo do Zoom, onde cobriu eventos nacionais e internacionais, analisando celulares, fones e outros eletrônicos. Em 2019, iniciou a coluna semanal "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Antes disso tudo, cursou Farmácia e fundou uma banda de rock.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque