Notícias Aplicativos e Software

Windows 11 pode trazer widgets de volta à área de trabalho após uma década

Windows Vista e Windows 7 tinham suporte a widgets; ideia pode ser retomada no Windows 11, mas de um modo diferente

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Se você usou o Windows Vista ou o Windows 7, deve se lembrar dos widgets para relógio, previsão do tempo, desempenho do computador e outros que ficavam na área de trabalho. A ideia foi abandonada com a chegada do Windows 8, mas pode ser retomada: há rumores de que o Windows 11 terá suporte a widgets, inclusive de terceiros.

Área de widgets do Windows 11 (imagem: Rafael Rivera)

Área de widgets do Windows 11 (imagem: Rafael Rivera)

A Microsoft deixou os widgets de lado no Windows 8 para priorizar os blocos dinâmicos. Aparentemente, a decisão foi tomada com o intuito de proporcionar uma experiência mais limpa para o usuário na área de trabalho, bem como melhorar a segurança e o desempenho do sistema.

Com a compilação do Windows 11 que vazou na semana passada, alguns usuários analisaram a fundo o sistema operacional em busca de detalhes ainda não revelados. Essa missão, por assim dizer, trouxe à tona indícios de que widgets realmente serão suportados.

Mas não como antes. No Windows 11 vazado, há um ícone de widgets ao lado do Menu Iniciar e do botão de pesquisa. Clicando nele, o usuário encontra caixas com informações do clima e notícias, por exemplo. Na prática, trata-se de uma versão levemente modificada do Notícias e Interesses, recurso liberado recentemente para Windows 10.

Widgets no Windows Vista (imagem: Twitter/BetaCollector)

Widgets no Windows Vista (imagem: Twitter/BetaCollector)

Widgets de terceiros

O desenvolvedor Rafael Rivera foi um dos que analisaram a compilação vazada do Windows 11. No Twitter, ele informou não ter encontrado nenhuma API que indicasse que o Windows 11 terá suporte a widgets de terceiros.

Apesar disso, essa possibilidade não está descartada. Há burburinhos de que a Microsoft implementará suporte a widgets de terceiros em uma atualização futura do sistema operacional, talvez a ser liberada ainda em 2021 ou, no mais tardar, em 2022. Fala-se até que a Microsoft Store terá uma área dedicada a widgets.

Felizmente, descobriremos em breve quais são os planos da Microsoft. A companhia vai realizar um evento nesta quinta-feira (24) que deve servir de palco para o anúncio oficial do Windows 11. Um segundo evento deve ser realizado no mesmo dia, mas com foco na Microsoft Store.

Com informações: Windows Latest.

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado Infowester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque