Notícias Celular

Celulares com Android muito antigo vão perder suporte do Google Play Services

Última versão do Google Play Services para celulares com Android Jelly Bean (4.1, 4.2 e 4.3) será liberada aos usuários em agosto

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Google anunciou, nesta quinta-feira (8), o fim do suporte do Google Play Services para o Android Jelly Bean. Com a mudança, os celulares com o sistema lançado há nove anos não receberão os novos recursos da plataforma. A última atualização será disponibilizada aos dispositivos com a versão antiga do Android no mês que vem.

Google Play Services (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Google Play Services (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

A decisão atingirá somente os dispositivos com a versão 4.1, 4.2 ou 4.3 instalada. Em uma publicação no blog do Android, o Google justificou o encerramento do suporte devido à baixa adesão das edições anteriores. Na ocasião, a companhia afirmou que somente 1% dos aparelhos ativos em julho de 2021 utilizam o Android Jelly Bean.

“A plataforma Android Jelly Bean (JB) foi lançada pela primeira vez há 9 anos”, disseram. “Desde então, o Android lançou uma série de melhorias e recursos que nem todos são retroativos para o Jelly Bean. Isso resulta em maior tempo do desenvolvedor e do controle de qualidade gasto em novos recursos que requerem tratamento especial”.

O Google Play Services, vale lembrar, é uma plataforma que marca presença em celulares e tablets com Android. Ele é responsável por conectar os apps aos serviços do Google, manter os contatos sincronizados, entre outras funções. Além disso, o recurso também auxilia os desenvolvedores na preparação de aplicativos para o sistema.

Galaxy Nexus com Android 4.2 (Jelly Bean) (Imagem: Tecnoblog)

Galaxy Nexus com Android 4.2 (Jelly Bean) (Imagem: Tecnoblog)

Android Jelly Bean vai perder suporte a Play Services

A última atualização da plataforma para o Android Jelly Bean será liberada aos usuários no fim de agosto. Segundo o Google, as funções que dependem dos recursos atuais e que já estão disponíveis no Google Play Services continuarão a funcionar normalmente.

Aos desenvolvedores, o Google orientou o uso da API a partir do nível 19, destinada ao Android 4.4 (Kit Kat). “Se seu aplicativo ainda tem um número significativo de usuários em dispositivos mais antigos, você pode usar o suporte a vários APKs no Google Play para entregar um APK que usa o Google Play Services [de versão] 21.30.99”, explicaram.

O Android 4.1 (Jelly Bean) marcou a sua primeira aparição em junho de 2012. A versão do sistema trouxe novidades, como Google Now, melhorias em notificações e mais. Depois, a companhia anunciou o Android 4.2, em outubro do mesmo ano, e o Android 4.3, em 2013, ambos também conhecidos como Jelly Bean.

Com informações: Android Developers Blog e XDA-Developers

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque