Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Waze avisa sobre trânsito e desvios antes de você começar a dirigir

Atualização faz Waze informar sobre condições de trânsito para que usuário tome decisões antes de começar viagem

Emerson Alecrim

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Há tempos que o Waze ajuda o motorista a traçar a melhor rota ou a desviar de congestionamentos, por exemplo. A versão mais recente do aplicativo recebeu a missão de ser ainda mais proativa nesse sentido: a partir desta semana, a ferramenta emitirá alertas sobre desvios e outros problemas no trânsito antes de o usuário começar a dirigir.

Waze para Android (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Waze para Android (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

O Waze já oferece algumas orientações para o condutor antes de que este inicie um trajeto. No entanto, essas informações se limitam, basicamente, a indicar o melhor caminho em determinado horário e a estimar a duração da viagem.

A atualização vai além. Assim que um destino for estabelecido, o usuário também será informado sobre acidentes, congestionamentos, desvios e outras condições que podem interferir em sua viagem.

Opções de rotas alternativas também poderão ser mostradas. O objetivo, no fim das contas, é dar ao motorista informações suficientes para que ele possa escolher o melhor caminho ou tomar outra decisão, como adiar o horário de saída.

Alertas do Waze antes do início da viagem (imagem: divulgação/Waze)

Alertas do Waze antes do início da viagem (imagem: divulgação/Waze)

O update também visa oferecer um pouco mais de transferência. É comum o aplicativo estabelecer uma rota que, inicialmente, causa estranheza. Mas, com a atualização, o usuário terá informações que esclarecerem o porquê de o Waze recomendar aquele caminho em dado momento.

Se você usa o Waze regularmente e vê o novo recurso com bons olhos, talvez precise ter um pouco de paciência para usufruir da novidade. A atualização começou a ser liberada nesta semana, em escala global, mas pode levar alguns meses para chegar a todos os 140 milhões de usuários da plataforma.