Google amplia estágio para pessoas negras com vagas em tecnologia

Programa Next Step do Google, que visa aumentar a representatividade de pessoas negras na empresa, abre vagas em Belo Horizonte

Ana Marques
Por

O Google anunciou nesta quinta-feira (29) que está expandindo o seu programa de estágio Next Step, focado em aumentar a representatividade de pessoas negras dentro da companhia. O projeto foi lançado em 2019 com vagas em São Paulo, para a área de Negócios, mas agora também selecionará estudantes para estágio em engenharia de software em Belo Horizonte.

João Victor Nascimento participou da primeira turma do programa e hoje atua como Gerente de Contas. Para ele é essencial ter referências mais diversas no mercado de tecnologia. (Imagem: Divulgação/Google)

João Victor Nascimento participou da 1ª turma do programa e hoje atua como Gerente de Contas. (Imagem: Divulgação/Google)

De acordo com o Google, os novos talentos selecionados para trabalhar em tecnologia irão atuar no Centro de Engenharia da empresa, que fica na capital de Minas Gerais. Para participar, é necessário estar matriculado em algum curso de graduação na área — Ciência da Computação, Engenharia da Computação, entre outros — e ter previsão de conclusão entre março de 2024 e julho de 2024.

Os conhecimentos básicos exigidos são em linguagem de programação, como C, C ++, Java, JavaScript ou Python. Inglês fluente não é necessário, mas a empresa ressalta a necessidade do inglês básico para programar.

Já quem busca vagas em Negócios, ainda poderá atuar no escritório da empresa em São Paulo, nos setores de vendas, marketing, suporte, finanças e jurídico, entre outros. Para esta área, o inglês não é um requisito mínimo — assim como na primeira edição do programa Next Step, os estagiários receberão aulas do idioma custeadas pelo Google.

Next Step oferece chances de efetivação

Além de capacitar universitários, o programa Next Step abre oportunidades para que as pessoas ingressem no mercado de trabalho como funcionários efetivos da big tech. Fabio Coelho, presidente do Google Brasil, afirma que a maioria dos participantes da primeira turma do programa foi efetivada após o fim do estágio.

Flávia Garcia, head de Diversidade, Equidade e Igualdade do Google para América Latina e Canadá, afirma que “Investir em equidade racial no mercado de trabalho é urgente e deve ser responsabilidade de todas as organizações”. Garcia reforça ainda que o programa Next Step faz parte do comprometimento do Google em “criar um senso de pertencimento para todos”.

Samanttha Neves participou da primeira turma do Next Step e em abril deste ano foi efetivada como Líder de Análise, função focada em geração de insights e mapeamento de tendências do mercado. (Imagem: Divulgação/Google)

Samanttha Neves participou da primeira turma do Next Step e em abril deste ano foi efetivada como Líder de Análise. (Imagem: Divulgação/Google)

Inscrições para vagas em tecnologia abrem em setembro

A primeira etapa do processo seletivo consiste em uma seleção de perfil com base nos pré-requisitos do programa. Ao ser selecionado, o candidato é convidado para eventos informativos e focados em desenvolvimento — a serem realizados de forma virtual, devido à pandemia.

Candidatos selecionados após a revisão do formulário e do currículo podem passar por uma simulação de entrevista com colaboradores da empresa, como forma de preparação para as entrevistas finais.

Quem deseja concorrer a uma vaga na área de Negócios, em São Paulo, deve realizar a inscrição por meio deste link até o dia 30 de agosto. Já as vagas de engenharia, em Belo Horizonte, terão inscrições abertas no início de setembro, por meio da plataforma Olabi.

Relacionados

Relacionados