Notícias Gadgets

Roteador Google Wifi chega ao Brasil com tecnologia mesh e preço alto

Google Wifi, roteador com tecnologia mesh, chega ao mercado brasileiro em duas configurações por até R$ 1.999

Darlan Helder
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Google anunciou nesta quinta-feira (14) o lançamento do Google Wifi, roteador com tecnologia mesh, no mercado brasileiro. O dispositivo tem como destaque integração com o aplicativo Google Home, seleção automática de rede (2,4 GHz ou 5 GHz), atualizações de desempenho e segurança realizadas automaticamente e o kit com três unidades promete distribuir internet para espaços de até 330 m².  

Google Wifi chega ao Brasil em duas configurações 

Google Wifi (Imagem: Divulgação/Google)
Google Wifi (Imagem: Divulgação/Google)

Como revelou o Tecnoblog, o Google Wifi foi homologado na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em meados de abril, mas só agora ele chegou às lojas nacionais. O dispositivo, que promete melhorar o sinal de internet dentro de casa, estreia em duas configurações com preço alto. O modelo para ambientes com até 110 m² (unitário) tem preço sugerido de R$ 999 e o kit com três, para ambientes com até 330 m², será vendido por R$ 1.999. 

Assim como o D-Link Covr 1103, o aparelho do Google tem um design que é pequeno e simpático. Ele é compacto e pode ficar discreto na mesa ou no rack. Mas ao contrário do Nest Wifi, o equipamento lançado hoje só está disponível na cor branca.  

Google Wifi (Imagem: Divulgação/Google)
Google Wifi (Imagem: Divulgação/Google)

A empresa explica que o roteador pode ser totalmente controlado pelo aplicativo Google Home, disponível tanto para iPhone (iOS) quanto para Android. Nele, o usuário consegue configurar o Google Wifi, conectar dispositivos, testar a velocidade da internet, criar redes para convidados, atribuir aparelhos a pessoas específicas da sua casa e a companhia diz que compartilha dicas para melhorar o desempenho da internet.  

Assim como outros roteadores com a tecnologia mesh, o Google Wifi permite selecionar um aparelho que deve ser priorizado durante a conexão, para evitar instabilidade durante o uso. “Por exemplo, se você estiver assistindo a um streaming em 4K na sala, selecione a sua Smart TV para receber prioridade de sinal, evitando assim quedas repentinas de qualidade de transmissão”, explica.  

Google Wifi (Imagem: Divulgação/Google)
Google Wifi (Imagem: Divulgação/Google)

O equipamento ainda tem atualizações automáticas com a promessa de melhorar a segurança e o desempenho. O Google diz que, com o recurso de inicialização verificada, o device está protegido contra ataques cibernéticos. E a cereja do bolo é a tecnologia mesh, que promete entregar a mesma qualidade de sinal para pontos periféricos da casa, podendo operar tanto em 2,4 quanto em 5 GHz.  

O review do Google Wifi será publicado em breve no Tecnoblog

Darlan Helder

Jornalista

Darlan Helder é jornalista e escreve sobre tecnologia desde 2019. Já analisou mais de 200 produtos, de smartphones e TVs a fones de ouvido e lâmpadas inteligentes. Também cobriu eventos de gigantes do setor, como Apple, Samsung, Motorola, LG, Xiaomi, Google, MediaTek, dentre outras. Ganhou menção honrosa no 15º Prêmio SAE de Jornalismo 2021 com a reportagem "Onde estão os carros autônomos que nos prometeram?", publicada no Tecnoblog. 

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque