Notícias Jogos

Sony demite executivo da PlayStation acusado de praticar pedofilia

George Cacioppo, ex-vice-presidente de engenharia da PSN, teria tentado marcar um encontro pelo Grindr com um adolescente de 15 anos em sua casa, em San Diego, na Califórnia

Murilo Tunholi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Sony demitiu o então vice-presidente de engenharia da PlayStation Network, George Cacioppo, após ele aparecer em um vídeo do canal People v. Preds — conhecido por forjar situações para flagrar pedófilos. De acordo com a denúncia, Cacioppo teria tentado se encontrar com um adolescente de 15 anos em sua casa. O executivo trabalhava na Sony Interactive Entertainment desde setembro de 2013.

Vídeo mostra George Cacioppo sendo abordado ao tentar se encontrar com um garoto menor de idade (Imagem: Reprodução/YouTube People v. Preds)
Vídeo mostra George Cacioppo sendo abordado ao tentar se encontrar com um garoto menor de idade (Imagem: Reprodução/YouTube People v. Preds)

Na descrição do vídeo, o canal People v. Preds compartilhou imagens das supostas conversas entre Cacioppo e o adolescente no Grindr, um aplicativo de encontros voltado para homens. Esse garoto, na verdade, era um perfil falso comandado pelos membros do canal. Após trocar algumas mensagens e fotos, o executivo convidou o menino para sua casa, na esperança de ter relações sexuais com ele.

Enquanto esperava o garoto em sua casa, em San Diego, na Califórnia, Cacioppo foi abordado e gravado pela pessoa que se passava pelo adolescente. No vídeo publicado na última sexta-feira (3), é possível ver o executivo de 64 anos vestido com uma camiseta do PS5 abrindo a porta às 4h30 ao ser chamado por “Jeff” — suposto apelido do executivo no Grindr.

Ao perceber a câmera, Cacioppo entrou na residência e fechou a porta rapidamente, sem falar uma palavra. Logo depois, o membro do canal People v. Preds começou a bater na porta do executivo e gritar em direção ao resto da vizinhança, o acusando de pedofilia e ameaçando chamar a polícia. Ao CNET, o canal confirmou ter denunciado Cacioppo ao Gabinete do Procurador Distrital de San Diego.

O vídeo que mostra Cacioppo sendo abordado pelo People v. Preds pode ser assistido logo abaixo:

YouTube video

Sony demitiu Cacioppo imediatamente após ver o vídeo

Não demorou para a Sony saber do vídeo e demitir Cacioppo, que trabalhava na empresa há mais de oito anos. Em um e-mail enviado a veículos de imprensa internacionais, a empresa não entrou em detalhes sobre o caso. “Estamos cientes da situação e o funcionário em questão foi desligado”, disse o representante da Sony Interactive Entertainment.

Antes de trabalhar na Sony, Cacioppo passou por diversas empresas do setor de tecnologia, desde 1978. De acordo com seu perfil no Linkedin, o executivo já trabalhou na divisão de produtos industriais da Hazeltine, na Digital Equipment Corporation, na Adobe, na Palm Source e na Intuit.

Com informações: Eurogamer, CNET, Game Rant.

Murilo Tunholi

Ex-autor

Jornalista, atua como repórter de videogames e tecnologia desde 2018. Tem experiência em analisar jogos e hardware, assim como em cobrir eventos e torneios de esports. Antes do Tecnoblog, passou pela Editora Globo (TechTudo) e Mosaico (Buscapé/Zoom). É apaixonado por gastronomia, informática, música e Pokémon. Já cursou Química, mas pendurou o jaleco para realizar o sonho de trabalhar com games.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque