Início / Notícias / Jogos /

The Game Awards decide não ter Activision Blizzard na edição deste ano

Após críticas, organização do The Game Awards decidiu suspender qualquer participação da Activision Blizzard no evento deste ano, por conta de assédios e escândalos

Por

A organização do The Game Awards decidiu não dar mais espaço para a Activision Blizzard neste ano, além dos jogos que estão indicados em algumas categorias. Geoff Keighley, criador do evento, comentou a decisão em seu Twitter, após críticas sobre a inércia em relação à situação da empresa – alvo de denúncias sobre ambiente de trabalho tóxico e processos judiciais por assédios morais e sexuais.

Geoff Keighley decidiu não ter mais Activision no TGA 2021 (Imagem: Reprodução)

Inicialmente, Geoff Keighley chegou a comentar ao The Washington Post que apoia funcionários e desenvolvedores/desenvolvedoras de toda a indústria, mas que deveria tomar cuidado em como proceder com o evento. Em tese, o produtor informou que não tomaria partidos em relação aos escândalos sexuais na Activision Blizzard.

As declarações foram claramente mal recebidas pelo público. Muita gente chegou a apontar que, em 2015, Keighley usou o The Game Awards para criticar publicamente a Konami. Naquela época a empresa não havia liberado a participação de Hideo Kojima no evento, enquanto o game designer estava sob um pesado contrato e com vários relatos de problemas internos.

Após a repercussão inicial nos últimos dias, Keighley voltou atrás e decidiu bater o martelo novamente. “Além das indicações, posso confirmar que a Activision Blizzard não será parte do The Game Awards neste ano”, comentou, em sua conta na rede social.

“O The Game Awards é uma época de celebração da indústria, a maior forma de entretenimento no mundo. Não há espaço para abuso, assédio ou práticas predatórias em nenhuma empresa ou comunidade. Também entendo que tenho uma grande plataforma que pode acelerar mudanças. Estamos comprometidos com isso mas precisamos trabalhar juntos para construir um ambiente mais inclusivo, para que todos se sintam seguros e criar os melhores jogos”, complementou.

Indicações da Activision

A Activision está concorrendo em algumas categorias entre as premiações do The Game Awards. Call of Duty Warzone, por exemplo, está entre os melhores jogos em atualização constante. A série Call of Duty também concorre ao melhor esporte eletrônico.

Não se sabe o que acontecerá se um destes games vencer em alguma categoria, mas certamente é possível esperar críticas de parte do público. Neste ano não há jogos da Blizzard concorrendo.

Com informações: ArsTechnica.