Moto G, Edge e mais: Motorola se supera e lança quase 40 celulares em 2021

Motorola revelou vários integrantes das linhas Moto G, Moto E e Edge em 2021; ao todo, mais de trinta modelos foram anunciados

Bruno Gall De Blasi
Por
Motorola lançou mais de trinta celulares em 2021 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Motorola lançou mais de trinta celulares em 2021 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Motorola deu uma tração notável na quantidade de lançamentos em 2021. Ao todo, a companhia apresentou 38 modelos pelo mundo, incluindo os novos Moto G30, Moto G200 Edge 20 e até uma nova geração do Motorola Defy. Os dados partem de um levantamento feito pelo Tecnoblog nesta sexta-feira (17) pela base de telefones do GSMArena.

A análise parte de um levantamento anual feito com fabricantes com relevância no mercado brasileiro. Nesta quinta-feira (16), revelamos que a Xiaomi lançou, proporcionalmente, um celular por semana enquanto a Samsung chegou perto com a estreia de 40 modelos. Agora, a análise será focada nos anúncios globais da Motorola em 2021.

As informações partem da base de telefones do GSMArena e foram coletadas na manhã desta sexta-feira (17). É importante ressaltar que a análise leva em consideração os modelos anunciados de janeiro de 2021 até hoje. A lista também comporta variantes específicas para algumas regiões, como o Edge S30 que só está à venda na China.

Quantidade de lançamentos da Motorola entre 2013 e 2021 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Quantidade de lançamentos da Motorola entre 2013 e 2021 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Motorola lançou quase 40 celulares em 2021

De cara, pode-se dizer que este foi o ano mais movimentado da Motorola desde 2013. Até esta sexta-feira (17), a fabricante anunciou 38 modelos das linhas como Moto G, Moto E e Edge. Além disso, o ano foi palco de um novo Motorola Defy e outros smartphones da família One. A fabricante, no entanto, não revelou nenhum celular dobrável em 2021.

A agitação aparece nos números. Em comparação com 2020, quando a companhia apresentou 25 modelos, houve um aumento de 52% no número de lançamentos. Aqui, é importante notar que a Motorola começou a disparar na quantidade de lançamentos em 2019. Antes, a fabricante revelava entre 7 e 13 celulares por ano, já incluindo as variantes regionais no cálculo. 

Motorola Moto G60 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Motorola Moto G60 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Moto G: duas gerações em um ano só

Como era aguardado, o ano foi marcado por uma mudança na nomenclatura da linha Moto G. A companhia acompanhou a família Samsung Galaxy A ao ajustar a numeração dos modelos de acordo com as especificações, e não a geração. Ou seja, o tradicional “Moto G8” e “Moto G9” saiu de cena para dar espaço aos modelos “Moto G10”, “Moto G20”, e daí por diante – sim, ficou mais confuso.

Esta alteração deu as caras logo no começo do ano. Em março, a Motorola anunciou o Moto G30, uma opção intermediária com o processador Snapdragon 662 e câmera quádrupla de 64 megapixels. A fabricante também revelou o Moto G10, que é mais simples com Snapdragon 460 no mesmo dia e, mais tarde, o Moto G100 com Snapdragon 870.

A linha também passou por alguns relançamentos. É o caso do Moto G60 que foi anunciado em abril com Snapdragon 732G e foi sucedido em agosto pelo Moto G60S com MediaTek Helio G95. Além disso, em novembro, houve a apresentação de uma nova geração ainda em 2021 – ou seja, duas gerações em um único ano: Moto G31, G41, G51 5G, G71 5G e G200.

O mesmo ocorreu com modelos lançados na América do Norte. Em 8 de janeiro, a Motorola revelou o Moto G Play, Moto G Power e Moto G Stylus de 2021. Depois, a companhia revelou o Moto G Power (2022) em… novembro de 2021.

Motorola Edge 20 Pro (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Motorola Edge 20 Pro (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Motorola Edge e Moto E ganharam novos integrantes

A linha Edge ganhou menos integrantes. Comecemos pelo Edge 20, que inicialmente foi apresentado com três integrantes em agosto: o Edge 20 Lite, Edge 20 e Edge 20 Pro. Mais tarde, na Índia, a Motorola revelou o Edge 20 Fusion com MediaTek Dimensity 800U. Também houve a estreia do Edge 2021 com tela de 144 Hz em agosto.

A linha ainda teve o acréscimo de outros modelos para a China. É o caso do Edge S que foi anunciado em janeiro e depois chegou ao mercado global com Moto G100. O mesmo aconteceu com o Edge S30: o smartphone foi revelado em dezembro no mercado chinês e marca presença no Brasil como Moto G200A lista fica completa com o Edge X30 que pode ser revelado como Edge 30 Ultra em outros países.

A família Moto E acompanhou a linha Moto G na mudança de nomenclatura. Isto aconteceu com o lançamento do Moto E20E30 e E40. Mas alguns celulares revelados em 2021 mantiveram o esquema antigo, como o Moto E6i, Moto E7i Power e Moto E7 Power.

No exterior, a companhia ainda anunciou o One 5G Ace, One 5G UW Ace e o Motorola Defy (2021).

Moto E30 (Imagem: Divulgação/Motorola)
Moto E30 (Imagem: Divulgação/Motorola)

Número de lançamentos vem aumentando desde 2019

O ano de 2021 também é marcado pela disparada no número de lançamentos. Nesta análise, o Tecnoblog acompanhou os dados somente de 2013, ano de lançamento do primeiro Moto G e o primeiro sem a estreia de feature phones, em diante. E é notável o quanto a estratégia da fabricante mudou: naquele ano, a empresa lançou 7 modelos. Já em 2021, 38 modelos foram apresentados.

Esta mudança, no entanto, é recente. 2013 foi um ano icônico para a Motorola; afinal, houve a estreia dos primeiros Moto G e Moto X. No ano seguinte, a companha revelou 11 modelos, incluindo o primeiro Moto E e o Nexus 6. Em 2015, também um houve um crescimento com o anúncio de 13 smartphones. Mas, novamente, nenhum salto gigantesco na quantidade.

Este padrão permaneceu por alguns anos. Inclusive, a cifra até chegou a cair: em 2016, a companhia revelou nove modelos, incluindo os primeiros Moto Z e Moto Z Play. Em 2017, foram treze modelos, incluindo o Moto C e o Moto C Plus. Em 2018, a fabricante manteve a mesma quantidade de anúncios e revelou o seu primeiro Motorola One com Android One.

A disparada, mesmo, começou em 2019, quando 16 lançamentos foram registrados. Naquele ano, primeiro houve o lançamento da linha Moto G7 e, meses depois, a família Moto G8. Essa receita permaneceu em 2020, com a estreia de 25 modelos, incluindo celulares para duas gerações da linha Moto G: Moto G8 e G9.

Ainda assim, a Motorola fica atrás da Samsung e da Xiaomi nesse quesito. As duas fabricantes lançaram, respectivamente, 53 e 40 modelos em 2021. Além disso, a dupla registra um alto índice de lançamentos desde 2018, conforme foi apurado pelo Tecnoblog nesta semana.