Notícias Gadgets

Smart TV Box 4K da paranaense Aquário traz Android e controle mais simples

Aquário STV-3000 tem controle remoto mais simples e com menos botões para navegação; nova TV Box 4K da empresa paranaense vem com Android

Pedro Knoth
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) homologou na última quarta-feira (22) uma nova TV Box 4K: a Aquário STV-3000, da empresa paranaense que pode competir com a Xiaomi, e sua Mi Box TV, e a Roku. O aparelho vem com Android e um controle remoto mais simples, com menos botões para confundir o usuário. A versão anterior do equipamento tinha a aparência de um controle remoto convencional de TV por assinatura, não muito intuitivo quando se trata de streaming.

Aquário STV-3000, que roda os principais apps de streaming e vem com Android
Aquário STV-3000, que roda os principais apps de streaming e vem com Android, foi homologado pela Anatel (Imagem: Anatel/ Divulgação)

O novo controle remoto da Aquário STV-3000

Dessa vez, a Aquário parece ter investido em um controle remoto com uma interface mais conveniente para o usuário: uma roda de comandos para navegação, botões para controlar o volume, pausar, avançar ou retroceder o vídeo, além de uma forma de trocar de aplicativos por meio do equipamento.

O antigo controle remoto, usando na última versão do aparelho, a STV-2000, tinha esses botões, mas muito mais do que o necessário. Ao todo, eram 31 teclas no dispositivo, com todas as que se fazem presentes no típico controle de um equipamento de TV a cabo.

A Aquário STV-3000 se conecta à TV através de uma entrada de HDMI. Após ligá-lo em uma tomada (pode ser 110V ou 220V), o aparelho pisca uma luz azul, mostrando que o aparelho está em stand-by. O usuário deve então apertar o botão de “liga/desliga” do controle remoto, e a luz se torna vermelha. Ao pressionar a mesma tecla novamente, a TV Box está pronta para uso.

Além de possuir uma entrada HDMI, a TV Box 4K da Aquário também conta com as seguintes portas:

  • 2 entradas do tipo USB 2.0;
  • Entrada de Ethernet (conector RJ-45);
  • Porta óptica (áudio)
  • Uma porta de vídeo A/V;
  • E mais uma porta para cartão de memória MicroSD.

Curiosamente, a Aquário STV-2000 tinha 4 portas USB para inserção de controles, joysticks, pendrives e outros dispositivos.

Controle da Aquário STV-3000 é muito mais simples que a versão anterior (Imagem: Anatel/ Divulgação)

Nova TV Box 4K da Aquário terá Android

Com certeza o dispositivo segue sua versão anterior, a Aquário STV-2000, em um aspecto: ela vem com o Android. Contudo, a homologação da Anatel não esclareceu qual versão do sistema operacional será usada na nova TV Box; a anterior tinha o Android Nougat 7.1.

Em uma foto enviada à agência, a Aquário dá uma ideia dos aplicativos que devem rodar em seu novo aparelho. É possível ver o YouTube — e sua versão infantil, o YouTube Kids —, Netflix, Amazon Prime, Disney+, Globoplay, Google Chrome, Spotify, Deezer e Twitch.

Para facilitar a navegação da STV-3000, o usuário pode escolher abandonar o controle pelo app auxiliar Aquário Remote, que está disponível tanto para Android quanto para iOS. É muito simples conectá-lo à TV Box: durante o acesso, o aplicativo procura pelo dispositivo automaticamente. Mas, caso isso não ocorra, a pessoa precisará emparelhar manualmente por meio do endereço de IP.

A partir do documento de homologação da Anatel, não se sabe se o aparelho vai manter o menu com três línguas: português, espanhol e inglês. Também não ficou claro qual será o processador da STV-3000 — a versão anterior tinha um Amlogic Quadcore, 1 GB de memória RAM e 8 GB de memória ROM.

Colaborou: Everton Favretto

Pedro Knoth

Ex-autor

Pedro Knoth é jornalista e cursa pós-graduação em jornalismo investigativo pelo IDP, de Brasília. Foi autor no Tecnoblog cobrindo assuntos relacionados à legislação, empresas de tecnologia, dados e finanças entre 2021 e 2022. É usuário ávido de iPhone e Mac, e também estuda Python.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque