Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Amazon atualiza Alexa após assistente colocar criança em desafio perigoso

Alexa sugeriu o “desafio da moeda”, popular no TikTok, para criança de 10 anos; “brincadeira” pode causar choque elétrico e até perda dos dedos

Por

A Amazon comunicou nesta terça-feira (28) que atualizou a sua assistente virtual Alexa após uma situação perigosa envolvendo uma criança de 10 anos. Segundo o relato da mãe da menina, o software de inteligência artificial sugeriu que sua filha realizasse o desafio da moeda, que consiste em encostar um moeda nos pinos de um carregador ligado à tomada. A “brincadeira” pode causar choque e outras consequências graves para a saúde.

Amazon Echo Dot com relógio - Review
Alexa no Amazon Echo Dot (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Caso viralizou, mas criança passa bem

Um tweet de Kristin Livdahl viralizou no final de semana. No domingo (26), Livdahl contou a história alarmante. Ao pedir por um desafio, sua filha de 10 anos teria ouvido da Alexa as seguintes instruções:

“Aqui está algo que achei na web. De acordo com ourcommunitynow.com: o desafio é simples. Conecte um carregador de telefone na metade do caminho a uma tomada e, em seguida, encoste uma moeda nos pinos expostos.”

O desafio em questão havia se espalhado em redes sociais — com ênfase para o TikTok — há cerca de um ano. Na época, diversos especialistas se mobilizaram para avisar às crianças e suas famílias o quão arriscada é a brincadeira. Além do risco de incêndio, a ação poderia causar danos permanentes à saúde, incluindo perda de dedos, da mão ou do braço.

Apesar da sugestão, Livdahl afirma que sua filha não chegou a topar o desafio.

“Eu estava lá quando aconteceu e tivemos uma outra boa conversa sobre não confiar em nada da internet ou Alexa.”

Amazon disse que já corrigiu o problema

Em nota enviada à imprensa, a Amazon afirmou estar ciente do problema e já ter resolvido a questão com uma correção de software.

“A confiança do cliente está no centro de tudo o que fazemos e Alexa foi projetada para fornecer informações precisas, relevantes e úteis aos clientes. Assim que tomamos conhecimento desse erro, nós o corrigimos rapidamente e estamos tomando medidas para ajudar a evitar que algo semelhante aconteça novamente.”

Em outubro, publicamos no Tecnoblog um artigo que falava sobre os desafios de fazer IA ter bom senso — e esse caso dialoga exatamente com o tema. Um pesquisador da Universidade do Sul da Califórnia explicou como andam os projetos de cientistas para tornar essa habilidade humana cada vez mais possível para máquinas. A matéria completa você confere neste link.

Com informações: Insider, BBC