Início / Notícias / Telecomunicações /

Vivo Easy aumenta preços do roaming internacional em até 1.290%

Plano digital Vivo Easy terá novas tarifas para uso internacional a partir de fevereiro; fazer ou receber chamadas no exterior ficou 13 vezes mais caro

Por

Más notícias para usuários do Vivo Easy: o plano digital ganhou reajustes significativos no roaming internacional. Quem viaja para o exterior e deseja utilizar o celular fora da área de origem enfrentará tarifas até 1.290% mais caras do que atualmente.

Vivo Easy no iPhone
Vivo Easy (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

A operadora começou a comunicar os clientes via SMS nesta terça-feira (3), mas sem informar os valores na comunicação. O Tecnoblog questionou a Vivo e obteve acesso aos novos preços, que estarão válidos a partir de 7 de fevereiro de 2022. Confira:

ServiçoPreço antigoPreço novoDiferença
Internet móvelR$ 0,10 por megabyteR$ 0,19 por megabyte+190%
Ligações
(fazer e receber)
R$ 0,10 por minutoR$ 1,29 por minuto+1.290%
SMS
(mensagem enviada)
R$ 0,10 por mensagemR$ 0,19 por mensagem+190%

⚠️ Atualização em 04/01/2022: a Vivo entrou em contato com o Tecnoblog e informou que a tarifa de roaming de internet móvel e SMS será de R$ 0,19 por megabyte ou mensagem, e não R$ 0,29 como a operadora havia divulgado anteriormente.

Os novos preços do roaming internacional do Vivo Easy já estão disponíveis no app do plano, mas a informação está escondida dentro da seção “Outros assuntos”. O texto e o SMS informam que “as diárias de roaming internacional terão novos valores”, mas a Vivo confirmou ao Tecnoblog que cobrança continuará sendo feita por tráfego.

Aumento deixa roaming internacional pouco atrativo

Roaming internacional quase sempre é caro, e os preços antigos do Vivo Easy eram razoáveis. A cobrança de R$ 0,10 por megabyte consegue resolver a vida numa emergência e ajuda na hora de pedir um Uber no aeroporto, por exemplo.

Novas tarifas de roaming internacional do Vivo Easy
Novas tarifas de roaming internacional do Vivo Easy (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

O que mais assustou foi o aumento de 13 vezes na tarifa de ligações, algo inexplicável mesmo considerando a alta do dólar e inflação dos últimos anos. Ainda assim é menos que o cobrado pela Vivo no pré-pago e controle, em que cada minuto sai a R$ 2,99.

No pós-pago, a Vivo cobra R$ 39,90 por dia de uso em países das Américas e Europa, enquanto a tarifa para África, Ásia e Oceania é de R$ 59,90 por dia. Cada diária dá direito ao recebimento ilimitado de ligações, 50 minutos em chamadas locais ou para o Brasil e franquia de internet de até 1 GB, dependendo do destino.

Comprar chip ou eSIM costuma ser mais vantajoso

Para quem viaja ao exterior e faz questão de se manter conectado, comprar um chip pré-pago de uma operadora local no destino pode ser uma boa opção. Várias teles já possuem ponto de venda nos principais aeroportos, o que facilita a vida de quem quer manter o smartphone online.

Se você tem um smartphone compatível com eSIM fica ainda mais fácil: dá pra contratar um plano com antecedência pela internet, sem precisar se dirigir a uma loja e desembarcar com internet funcionando. O site eSIMdb é uma boa pedida e reúne provedores de diversos países.

Roaming internacional em outros planos

Se você viaja com uma certa frequência, vale a pena considerar que diversos planos pós-pagos das operadoras brasileiras incluem roaming internacional sem custo extra.

A Claro possui o Passaporte Américas em todo o portfólio mais recente do pós-pago, e permite utilizar o plano brasileiro em 18 destinos da América do Norte, América do Sul e América Central. Também é possível contratar o Passaporte América e Passaporte Mundo, que extende a cobertura para até 80 países.

Já a TIM oferece roaming internacional em alguns planos do pós-pago TIM Black. A cobertura depende do plano escolhido e até da forma de pagamento da fatura, mas um detalhe importante é que o serviço embutido contempla apenas o uso de dados, enquanto as chamadas de voz são tarifadas separadamente.

A Vivo tem planos pós-pagos com o roaming internacional Vivo Travel. Praticamente todos os pacotes atuais permitem o uso em países das Américas, mas algumas versões contemplam Europa e demais continentes. Assim como a Claro, dá pra expandir a cobertura dos planos com a contratação do Vivo Travel Mensal.

Por fim, a Oi inclui 2 GB de internet para uso nos Estados Unidos no plano pós-pago com pagamento por boleto bancário. A oferta ainda contempla uso ilimitado do WhatsApp, mas não inclui ligações ou SMS.