Início / Notícias / Computador /

Asus faz recall de placa-mãe com capacitor ao contrário que pega fogo

Usuários relatam cheiro de queimado e fogo na placa-mãe ROG Maximus Z690 Hero, da Asus, e youtuber detecta capacitor instalado ao contrário

Por

Um problema no capacitor de memória da placa-mãe ROG Maximus Z690 Hero está causando princípio de incêndio em PCs dos clientes da Asus. A falha foi detectada por um youtuber que analisou postagens no Reddit sobre o produto, com usuários relatando “fogo” e “cheiro de queimado”. Após uma investigação interna, a fabricante reconheceu o defeito e fez o recall da peça.

ROG Maximus Z690 Hero queimada (Imagem: Actually Hardcore Overcloking/ YouTube)

Placa-mãe da Asus tem capacitor que provoca incêndio

Algumas ROG Maximus Z690 Hero estavam causando o “erro 53” para clientes da Asus que compraram a placa-mãe, indicando que não havia memória RAM instalada. Depois de muitas postagens em fóruns de discussão da fabricante no Reddit, o youtuber Buildzoid, do canal Actually Hardcore Overclocking, identificou o padrão nas falhas e descobriu o defeito na peça.

Usuários criaram posts sobre supostos incêndios na placa-mãe no lugar dos dois MOSFETs — peças que regulam a corrente e tensão elétrica nas placas de vídeo —, ao lado dos slots de DIMM (onde vai a memória RAM). Em seu vídeo, Buildzoid é capaz de diagnosticar a falha apenas comparando as imagens. Ele explica que não é dono de uma ROG Maximus Z690 Hero, mas que tem “quase certeza de por que essas placas estão queimando”.

Ao analisar as fotos postadas no Reddit, Buildzoid identifica que o texto do capacitor de memória está ao contrário, o que indica que a peça está instalada de forma incorreta na placa-mãe da Asus, levando a crer que esse é um defeito causado pela própria fabricante. O vídeo é em inglês, mas explica o raciocínio do youtuber para encontrar o problema:

A instalação reversa do item pode levar à polaridade reversa, causando um desvio de corrente e à sobrecarga dos dois MOSFETs.

Asus reconhece defeito e pede recall de placa-mãe

Depois do achado do youtuber, a própria Asus abriu uma investigação interna para avaliar o problema com a ROG Maximus Z690 Hero. A empresa reconheceu que Buildzoid estava correto em um post de seu blog oficial.

O capacitor reverso que causa incêndio nos MOSFETs está presente em placas-mãe fabricadas em 2021, e A Asus fará um plano de recall para os clientes afetados pelo defeito:

“Desde 28 de dezembro de 2021, alguns incidentes foram relatados na América do Norte. No futuro, vamos continuar a realizar uma inspeção rigorosa com nossos fornecedores e clientes para identificar todas as possíveis placas-mãe ROG Maximus Z690 Hero no mercado que foram afetadas e vamos trabalhar com as respectivas agências governamentais para um programa de substituição.”

A Asus ainda avisa que os donos das placas-mãe em questão devem procurar pelo lote que possui o defeito de fábrica. Ele tem o código 90MB18E0-MVAAY0 e o número de série que começa com as letras MA, MB, or MC. A empresa encoraja os clientes a entrarem em contato com o SAC pela página de suporte da Asus.

Com informações: Tom’s Hardware, The Verge, Ars Technica