Lenovo ThinkPad ganha linha ultraportátil só com chips AMD Ryzen 6000

Notebooks ThinkPad Z13 e Z16 da Lenovo fazem parte de colaboração exclusiva com AMD e trazem processadores Ryzen 6000 para maior desempenho e bateria

Pedro Knoth
Por

Com design sustentável e uma parceria exclusiva com a AMD, a Lenovo apresentou uma linha ultraportátil de notebooks ThinkPad com os novos processadores AMD Ryzen 6000, focados em alta-performance e longa vida de bateria. Os novos ThinkPad Z13 e Z16 serão feitos de alumínio reciclado e couro vegano, para atrair uma “audiência diferente”, segundo a empresa.

Lenovo ThinkPad Z13 (à esquerda) e Z16 (à direita) (Imagem: Lenovo/ Divulgação)

Lenovo trará novos chips da AMD para linha ThinkPad

Tanto o ThinkPad Z13 quanto o Z16 terão os processadores da nova linha da AMD anunciados durante a CES 2022, nesta terça-feira (4). Os aparelhos podem vir nas cores bronze e cinza ártico.

O Z13 pode ser modificado para inclusão do chip AMD Ryzen Pro 7 6860Z, otimizado para alta-performance em áudio e vídeo, além de maior vida útil de bateria ao rodar apps de videoconferência, como Zoom, Google Meets e Microsoft Teams, necessários em tempos de pandemia. O modelo de fábrica do aparelho vem com um processador AMD Ryzen Pro U-Series.

Por outro lado, o Z16 pode ser pareado opcionalmente com nova placa gráfica AMD Radeon RX 6500M, com tecnologia inteligente feita otimizar o processamento de games mais leves, e também criação de conteúdo. Por padrão, o notebook mais robusto da linha vem com o AMD Ryzen Pro H-Series

Como é o caso de outros chips da AMD, todos os componentes têm o Windows 11 configurado por padrão, e possuem o chip de segurança Windows Pluton.

Notebooks têm foco sustentável; Z16 tem display 4K

Para a nova linha do ThinkPad, a Lenovo parece ter focado em uma estratégia para atrair os usuários pela sustentabilidade do produto.

O novo notebook é feito de alumínio reciclável ou couro vegano, a depender da cor escolhida pelo usuário. A fabricante também levou o desenvolvimento sustentável aos componentes: o adaptador é 90% feito a partir de objetos reciclados por consumidores.

Os ThinkPads da linha Z também são mais finos que modelos anteriores, como o X1. Os novos notebooks vem com um display OLED de 16:10, sendo que o Z13 apresenta uma tela de 13,3 polegadas com resolução 2.8K, enquanto o Z16 tem uma tela 4K de 16 polegadas. Ambos possuem suporte a Dolby Vision, com filtro de luz azul reduzido para evitar incômodos na vista.

Os dois modelos têm um contorno de tela ultrafino, com uma webcam Full HD, com sensor e microfones de matriz, que reduzem ruído de fundo. Esses dispositivos estão em uma barra losangular no topo do ultraportátil. Ela se dobra ao fechar o notebook, e funciona como uma alavanca para abri-lo novamente.

Para facilitar a navegação do usuário, a Lenovo decidiu incorporar na linha Z o ForcePad háptico de 120mm de vidro, combinando com o resto da superfície feita a partir do mesmo material. O familiar botão vermelho TrackPoint está presente nos novos dispositivos, mas com uma novidade: basta o usuário apertá-lo duas vezes para configurar opções de câmera e microfone de forma ágil.

A Lenovo estima que os novos ThinkPads estarão disponíveis no mercado em maio deste ano, com o Z13 custando a partir de US$ 1.549, ou R$ 8.810,25 em conversão direta considerando o valor do câmbio nesta terça-feira (sem impostos). O modelo base do Z16 será ainda mais caro, com preço de US$ 2.099, valendo R$ 11.938,49 segundo o atual valor do dólar.

Com informações: Engadget