Notícias Celular

MIUI 13 da Xiaomi tem recurso que protege contra fraudes, mas não no Brasil

Sistema de proteção contra fraudes da MIUI 13 alerta usuários chineses sobre tentativas de golpes via ligação e mensagens de texto

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

MIUI 13 foi oficializada no fim de dezembro com incrementos em segurança. A nova versão da interface para celulares e tablets da Xiaomi traz um sistema para proteger os usuários contra fraudes com alertas, bloqueio de apps e afins. Mas o recurso só está disponível na China e não tem previsão para ser lançado em outros países.

MIUI 13 traz sistema para proteger usuários contra fraudes (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
MIUI 13 traz sistema para proteger usuários contra fraudes (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A novidade é uma iniciativa da agência governamental contra fraudes da China e da Xiaomi. Através do novo sistema, os usuários garantem meios mais simples para saber se alguém está tentando se passar por uma empresa, por exemplo. Estes avisos aparecem em várias instâncias, como SMS, ligações e instalação de apps.

A Xiaomi demonstrou alguns detalhes sobre o funcionamento do recurso em uma publicação na rede social chinesa Weibo. No caso de mensagens de texto, o app orienta o usuário a prestar a atenção aos riscos de SMS vindo do exterior, caso a mensagem seja enviada por um número suspeito. Abaixo do conteúdo, há o seguinte alerta: “Suspeita de fraude, tome cuidado, toque para denunciar”.

O mesmo acontece com ligações: ao receber uma chamada de um número suspeito, a MIUI 13 diz que trata-se de uma “ligação de golpe”. O sistema ressalta os canais oficiais das operadoras para educar contra golpes por SMS ou telefonema: os remetentes são identificados como “Número dedicado da operadora contra fraudes”.

MIUI agora alerta sobre mensagens e ligações suspeitas na China (Imagem: Reprodução/Weibo)
MIUI agora alerta sobre mensagens e ligações suspeitas na China (Imagem: Reprodução/Weibo)

MIUI 13 impede a instalação de apps fraudulentos

O sistema ainda alcança a instalação de aplicativos. Ao baixar um software fraudulento, a MIUI impede a continuidade do processo e emite o seguinte aviso: 

“Leis e regulamentos relevantes exigem que a instalação seja proibida”, alertam. “Este é um aplicativo fraudulento, com conteúdo fraudulento, com transações fraudulentas ou que induz a gastos de forma maliciosa. O uso deste aplicativo trará maiores riscos.”

Também há um mecanismo para impedir transferências bancárias de risco. Caso o usuário receba uma ligação ou mensagem suspeita, o sistema alerta que “prosseguir com o pagamento pode causar problemas”. O aviso ainda orienta o usuário a “verificar a autenticidade da identidade com o auxílio de parentes, amigos ou polícia”. 

MIUI 13 impede a instalação de apps fraudulentos (Imagem: Reprodução/Weibo)
MIUI 13 impede a instalação de apps fraudulentos (Imagem: Reprodução/Weibo)

Mais de 2,9 milhões de iuanes são fraudados em golpe

A preocupação do governo chinês e da Xiaomi não é em vão. No post, a fabricante ainda ressaltou um episódio quando golpistas enviaram mensagens de texto que fingiam ser do pedágio eletrônico (ETC, em inglês) da China. Com o golpe, mais de 2,9 milhões iuanes, cerca de R$ 2,6 milhões em conversão direta, foram fraudados. 

A companhia ainda citou outros exemplos de acontecimentos no país asiático. É o caso da ligação onde o golpista finge ser o chefe da vítima e que deu um golpe de quase 3 milhões de iuanes (aproximadamente R$ 2,7 milhões). Muitos estudantes universitários também foram alvos de fraude no total de dezenas de milhares de iuanes.

Lançamento do Xiaomi 12 (Imagem: Reprodução)
Lançamento do Xiaomi 12 (Imagem: Reprodução)

Xiaomi anuncia nova versão da MIUI e Xiaomi 12

Esta é uma das novidades da MIUI 13. A nova versão foi anunciada no último dia 28 com melhorias de segurança e no desempenho, com a promessa de tornar as animações mais fluidas. O update ainda traz o Mi Smart Hub beta, uma nova fonte e uma interface voltada para tablets.

No mesmo dia, a companhia revelou a linha Xiaomi 12. Ao todo, dois celulares foram anunciados com Snapdragon 8 Gen 1 (Xiaomi 12 e 12 Pro), mas um deles sai da caixa com o Snapdragon 870 (Xiaomi 12X). As demais novidades ficam pelos novos fones de ouvido sem fio Xiaomi Buds 3 e o relógio inteligente Xiaomi Watch S1.

Com informações: Gizmochina e Weibo

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque