Início / Notícias / Computador /

Notebook da Lenovo e AMD traz chip de segurança que usa tecnologia do Xbox

Chip Pluton, da Microsoft, oferece proteção para informações sensíveis contra ataques físicos; componente foi usado no Xbox One e no Azure Sphere

Por

Os novos notebooks da ThinkPad Z Series da Lenovo vêm com uma novidade interessante: o chip Pluton, da Microsoft. Integrado ao processador Ryzen 6000 da AMD, o componente adiciona proteção física para o hardware, chaves criptográficas e informações sensíveis.

Microsoft Pluton
Chip Pluton, da Microsoft (Imagem: Divulgação/Microsoft)

O Pluton é basicamente uma evolução do Trusted Platform Module (TPM), só que colocado diretamente na CPU. Anunciado oficialmente em novembro de 2020, o componente remove vetores inteiros de ataque, mesmo em situações em que o atacante tem acesso físico à máquina.

Geralmente, o canal de comunicação entre o TPM e a CPU é o principal alvo de ataques. Como o Pluton vai direto na CPU, essa vulnerabilidade em potencial é eliminada.

Antes de estrear em processadores para computadores pessoais, a tecnologia já havia sido usada no Xbox One e no Azure Sphere. O Pluton também emula um TPM para proteger o processo de boot, as chaves de criptografia e as credenciais.

Na parte de software, há uma verificação para conferir se está tudo certo com o firmware. Caso não esteja, o Windows Update consegue reparar o problema usando recursos diretamente da Microsoft.

Ryzen 6000 marca a estreia do Pluton

A AMD é a primeira fabricante a lançar um processador incluindo o Pluton, antes de concorrentes como Intel e Qualcomm, também parceiras da Microsoft na empreitada.

AMD Ryzen 6000 para notebooks (Imagem: Divulgação/AMD)

A série Ryzen 6000 foi apresentada nesta terça-feira (4) na CES 2022 para concorrer com o Alder Lake da Intel e o M1 da Apple. Voltados para notebooks, eles são APUs, com gráficos integrados, e fabricados com litografia de 6 nm. A promessa é de até 24 horas de autonomia de bateria.

Lenovo ThinkPad Z13 e Z16 são os primeiros com o chip

A série Ryzen 6000 estará embarcada em mais de 100 modelos a serem lançados ao longo de 2022 por marcas como Acer, Asus, Dell, HP, Lenovo e Razer. Os primeiros, aliás, já foram apresentados.

Lenovo ThinkPad Z13 (à esquerda) e Z16 (à direita) (Imagem: Divulgação/Lenovo)

Os Lenovo ThinkPad Z13 e Z16 são ultraportáteis, com foco em alta performance e autonomia de bateria. Os dois laptops são equipados com chips da nova linha da AMD, como o Ryzen Pro 7 6860Z. Além disso, eles vêm com acabamento feito de material reciclado.

A linha ThinkPad Z chega às lojas em maio deste ano. Os preços começam em US$ 1.549 (cerca de R$ 8,8 mil) e vão até US$ 2.099 (cerca de R$ 11,9 mil).

Com informações: The Verge, BleepingComputer, Microsoft