Asus cria adaptador de memória RAM porque faltam chips DDR5 no mercado

Além de ajustar a posição dos pinos das memórias RAM na placa-mãe, o adaptador da Asus promete modificar o fornecimento de energia para os módulos DDR4

Murilo Tunholi
Por

O avanço tecnológico não para, e as memórias RAM DDR5 estão cada vez mais populares. Há, porém, um problema grave acontecendo no mundo: a escassez de chips DDR5. Para não atrasar a inovação — e não deixar de ganhar dinheiro —, a Asus decidiu criar um adaptador que permite plugar slots DDR4 em encaixes DDR5.

Protótipo do adaptador de memória RAM da Asus (Imagem: Reprodução/YouTube 林大餅Bing)

Os processadores Alder Lake, da Intel, e os chips Ryzen 6000 e 7000, da AMD, assim como algumas placas-mãe de chipset Z690 já aceitam o novo tipo de RAM. Contudo, mesmo quem quiser fazer o upgrade para o DDR5 ainda poderá ter dificuldade em encontrar as memórias nas lojas, porque faltam chips no mercado.

Para quem pretende entrar no mundo do DDR5 o quanto antes, mas não consegue achar módulos no novo padrão para comprar, a Asus pode ter uma solução temporária. Ainda em fase de protótipo, o adaptador de memória RAM da fabricante parece uma ideia até bem simples à primeira vista, mas seu funcionamento é bastante complicado.

Além de ajustar o encaixe dos pinos dos módulos na placa-mãe, o adaptador também promete ser capaz de alterar o fornecimento de energia do componente. Apesar dos processadores Alder Lake suportarem memórias DDR4 e DDR5, as placas-mãe DDR5 não são capazes de fornecer energia suficiente para módulos DDR4. É aí que o adaptador entraria.

Em um vídeo publicado no YouTube, o usuário conhecido como Bing mostrou como o adaptador funciona. A gravação está em mandarim, mas é possível ter uma ideia do mecanismo olhando as figuras.

Adaptador de RAM é interessante, mas só na teoria

Por mais que seja interessante, o adaptador da Asus não é nada prático. A maior dificuldade seria gerenciar o fornecimento de energia entre as duas gerações de memórias RAM. Os módulos DDR5 precisam de menos energia para funcionar e usam arquitetura muito diferente para administrar essa eletricidade.

Além disso, o adaptador é muito alto e pode até atrapalhar o fluxo de ar entre os outros componentes do computador. Cada adaptador só aceita um módulo de RAM, então quem quiser o PC operando em dual-channel vai precisar de dois componentes enormes dentro do gabinete.

Adaptador de RAM da Asus é muito alto (Imagem: Reprodução/YouTube 林大餅Bing)

Se esse adptador for finalizado e vendido ao público, será complicado achar uma forma de encaixá-lo no setup. Devido ao funcionamento complexo, o componente também deve custar caro, prejudicando demais o custo-benefício da peça.

É mais fácil aguardar um tempo até os estoques de memórias DDR5 voltarem ao normal. Enquanto isso, os módulos DDR4 ainda seguram muito bem o tranco na grande maioria dos computadores. Fora que quem tem condições de migrar para o DDR5 agora também deve conseguir importar pentes de memória com facilidade.

Com informações: PC Gamer.