Take-Two, dona de GTA, compra empresa de jogos de celular por US$ 13 bilhões

A compra da Zynga pela Take-Two é a transação mais valiosa da história do mercado de videogames, superando até mesmo a aquisição da Supercell pela Tencent

Murilo Tunholi
Por

A Take-Two — dona da Rockstar, 2K e outros estúdios de games famosos — fez história ao comprar a desenvolvedora de jogos para celular Zynga — responsável pelo popular Farmville — por quase US$ 13 bilhões. Essa transação foi a mais valiosa da história do mercado de videogames, superando até mesmo as aquisições da Supercell pela Tencent, da ZeniMax Media pela Microsoft e da King pela Activision Blizzard.

Escritório da Zynga em São Francisco, nos EUA (Imagem: Jim Heaphy/Wikimedia Commons)

Para ser exato, a transação custou US$ 12,7 bilhões (cerca de R$ 72,1 bilhões em conversão direta) à Take-Two. Além de comprar cada ação da Zynga por US$ 9.861 (por volta de R$ 55,9 mil) — prêmio 64% maior em relação à quantia cobrada no fechamento, em 7 de janeiro — a dona da Rockstar e da 2K ainda assumiu as dívidas do estúdio de jogos mobile.

Com essa compra, a Take-Two caminha para se tornar uma gigante imbatível na indústria de jogos. Além de ter sucessos nos PCs e consoles, como as franquias GTA, Red Dead Redemption, NBA 2K e Borderlands, a empresa agora conta com o catálogo de games mobile da Zynga, incluindo Farmville, Empires & Puzzles, High Heels!, Merge Dragons, Toon Blast e muito mais.

Após confirmar a aquisição da Zynga, o CEO da Take-Two, Strauss Zelnick, disse em comunicado que a compra “diversifica significativamente os negócios e estabelece uma posição de liderança em no mercado de dispositivos móveis, o segmento que cresce mais rápido na indústria de entretenimento interativo”. No mesmo comunicado, o CEO da Zynga, Frank Gibeau aproveitou para falar o seguinte:

“Combinar a experiência da Zynga em plataformas móveis e de próxima geração com as melhores capacidades e propriedades intelectuais da Take-Two nos permitirá avançar ainda mais em nossa missão de conectar o mundo por meio de jogos, ao mesmo tempo em que conquistamos um crescimento e sinergias significativas juntos. Estou orgulhoso do trabalho árduo de nossa equipe para entregar um final forte até 2021, com um dos melhores desempenhos da história da Zynga. Estamos extremamente entusiasmados por termos encontrado um parceiro na Take-Two que compartilha nosso compromisso de investir em nossos jogadores, ampliando nossa cultura criativa e gerando mais valor para os acionistas. Com esta transação transformadora, iniciamos uma nova jornada que nos permitirá criar jogos ainda melhores, atingir públicos maiores e alcançar um crescimento significativo como líder na próxima era dos jogos”.

Frank Gibeau, CEO da Zynga.

Mercado de jogos para celular cresce muito rápido

Hoje, a Zynga conta com mais de 183 milhões de usuários ativos por mês em seus jogos. O mercado de jogos para celular é o segmento que mais cresce em toda a indústria, com faturamento bruto estimado de US$ 136 bilhões (R$ 771 bilhões) em 2021 e taxa de crescimento anual composta de 8% nos próximos três anos.

Além da Take-Two, outras empresas gigantes estão adquirindo estúdios. No ano passado, a Electronic Arts comprou a Glu Mobile e a Playdemic, e o Embracer Group ficou com a Easybrain. Vale citar também as aquisições da Night School Studio pela Netflix, da Turtle Rock Studios pela Tencent, e das Bluepoint Games, Housemarque, Firesprite, e Nixxes Software pela Sony.

Com informações: VentureBeat, Polygon.