As 5 linguagens de programação que mais crescem no Brasil, segundo o GitHub

GitHub aponta que JavaScript foi a linguagem que mais cresceu no Brasil em 2021; linguagem brasileira Elixir também aparece no ranking

Emerson Alecrim
Por

O GitHub libera, anualmente, um relatório que aponta quais são as linguagens de programação que mais crescem em uso no mundo e em determinados países. Sobre o Brasil, a edição 2021 mostra que o JavaScript foi a linguagem mais usada naquele ano. Curiosamente, Java e Python, que figuram nas primeiras posições do ranking global, não aparecem no “top 5” brasileiro.

Exemplo de código JavaScript (imagem: Pankaj Patel/Unsplash)
Exemplo de código JavaScript (imagem: Pankaj Patel/Unsplash)

O Octoverse Report, como o levantamento é chamado, revela que estas foram as cinco linguagens de programação que mais avançaram no mundo em 2021:

  1. JavaScript
  2. Python
  3. Java
  4. TypeScript
  5. C#

Já a lista referente ao mercado brasileiro de desenvolvimento de software é esta (ela só foi divulgada para a imprensa):

  1. JavaScript
  2. Sass CSS
  3. Blade
  4. HCL
  5. Elixir

De acordo com o GitHub, o JavaScript ocupa o posto de linguagem mais popular do mundo há pelo menos sete anos. “A universalidade do JavaScript o torna especialmente procurado para aplicativos de machine learning e inteligência artificial”, diz a empresa.

O Brasil acompanha a popularidade do JavaScript, assim como a do Sass CSS que, apesar de não aparecer nas cinco primeiras posições do ranking global, tem tido cada vez mais demanda no mundo todo.

Sigla para Syntactically Awesome Style Sheets, o Sass funciona como uma espécie de extensão do CSS, permitindo o desenvolvimento de projetos mais simples e eficientes ao, por exemplo, facilitar o reaproveitamento de códigos.

Blade, HCL e Elixir: que linguagens são essas?

No Brasil, o crescimento do uso do Blade, HCL (HashiCorp Configuration Language) e Elixir é que destoam um pouco da dinâmica global.

Em parte, o sucesso do Blade no país encontra explicação no fato de essa ser uma linguagem que prioriza o algoritmo sobre a sintaxe, de modo que, com ela, pode-se desenvolver aplicações complexas com relativa rapidez.

Já o HCL foi desenvolvido pela empresa de tecnologia HashiCorp, como o nome revela. Trata-se de uma linguagem de configuração que guarda alguma semelhança com o JSON.

De acordo com o GitHub, “a [linguagem] HCL se expandiu e já é classificada como um kit de ferramentas para a criação de linguagens de programação estruturadas”, característica que ajuda a explicar a sua popularidade.

Por fim, o Elixir. Essa é uma linguagem relativamente nova, tendo sido criada em 2012. Para nós, o detalhe mais interessante está no fato de o Elixir ter sido desenvolvido pelo brasileiro José Valim. Trata-se de uma linguagem de código aberto e que é executada em uma máquina virtual Erlang.

Apesar de aparecer no ranking das linguagens mais populares do Brasil, o GitHub observa que o Elixir também vem conquistando adeptos ao redor do mundo por ter o objetivo principal de permitir o desenvolvimento de aplicações distribuídas seguras e de fácil manutenção.

Vale destacar que a edição do 2021 foi feita com base na análise de dados estatísticos de repositórios e desenvolvedores cadastrados no GitHub, e incluiu um questionário enviado a 40 mil deles.

Relacionados

Relacionados