Notícias Negócios

Samsung: vendas de celular têm alta de 30%, mas lucro sobe graças aos chips

Samsung revela resultados financeiros do quarto trimestre e de 2021; companhia sul-coreana registra alta na receita e no lucro operacional

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Samsung anunciou, nesta quinta-feira (27), os resultados financeiros de 2021. Em relatório aos investidores, a companhia afirmou que teve uma alta de quase 30% com a venda de celulares durante o quarto trimestre. Ainda assim, o lucro apresentou um aumento em relação ao ano anterior com o auxílio da divisão de semicondutores.

Samsung revela resultados financeiros do quarto trimestre e de 2021 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung revela resultados financeiros do quarto trimestre e de 2021 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Os resultados se referem a dois momentos. No quarto trimestre de 2021, a companhia registrou uma receita consolidada de 76,57 trilhões de wons sul-coreanos (cerca de R$ 342,5 bilhões em conversão direta), um crescimento de 24% em relação ao ano anterior. O lucro operacional foi de 13,87 trilhões de wons (R$ 62 bilhões).

Em relação ao ano como um todo, a receita foi de 279,6 trilhões de wons (R$ 1,2 trilhão). Neste caso, o aumento na comparação ano a ano é de 18%. Já o lucro operacional foi de 51,63 trilhões de wons (R$ 230,5 bilhões), valor considerado como um “novo recorde histórico” pela companhia.

“O crescimento da receita do quarto trimestre foi impulsionado principalmente pelos negócios de produtos acabados, com vendas expandidas de smartphones premium, incluindo telefones dobráveis, bem como TVs e eletrodomésticos”, anunciaram. “O lucro operacional caiu em relação ao trimestre anterior devido a um pagamento de bônus especial aos funcionários, mas aumentou em relação ao ano anterior, impulsionado pelos negócios de semicondutores.”

Celulares dobráveis ajudaram a impulsionar a receita da Samsung no quarto trimestre de 2021 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Celulares dobráveis ajudaram a impulsionar a receita da Samsung no quarto trimestre de 2021 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Samsung: venda de celulares teve alta de 29%

O relatório ainda ressalta aumentos expressivos nas vendas do setor de Mobile eXperience (MX). A Samsung alcançou uma receita de 27,7 trilhões de wons (cerca de R$ 123,6 bilhões) no quarto trimestre de 2022. O aumento na arrecadação com celulares e tablets em relação ao mesmo período do ano anterior foi de 29%.

A unidade de negócios também teve um ano positivo. De janeiro a dezembro de 2021, a receita consolidou 104,68 trilhões de wons (R$ 468,6 bilhões). O aumento foi de 9%. Já o lucro do setor de TI e comunicações móveis (IM) como um todo foi de 2,66 trilhões de wons (R$ 11,9 bilhões) no 4º trimestre e de 13,65 trilhões de wons no ano inteiro (R$ 61,1 bilhões).

“A receita do negócio Mobile eXperience (MX) aumentou ligeiramente, liderada pelas vendas de produtos premium, como telefones dobráveis e produtos Device Ecosystem, enquanto o lucro diminuiu trimestre a trimestre com o aumento das despesas de marketing”, afirmaram. “Os resultados do Negócio de Redes melhoraram em relação ao trimestre anterior à medida que a receita cresceu tanto para negócios domésticos quanto globais.”

Semicondutores ajudaram a aumentar o lucro da Samsung (Imagem: Reprodução/Gizmochina)
Semicondutores ajudaram a aumentar o lucro da Samsung (Imagem: Reprodução/Gizmochina)

Semicondutores puxaram lucro operacional

Apesar do cenário de escassez de chips, a Samsung tem o que comemorar em relação à venda de semicondutores. As vendas do setor tiveram o maior crescimento anual na companhia no quarto trimestre após acumular um resultado de 26,01 trilhões de wons (R$ 116,4 bilhões): 43%. As vendas de memórias também subiram 44% no período e atingiram uma cifra de 19,45 trilhões de wons (R$ 87 bilhões).

Ao longo do ano, o negócio de semicondutores teve uma receita de 94,16 trilhões de wons (R$ 421,5 bilhões). O aumento é de 29% em relação ao ano anterior. Novamente, as vendas de memória apresentaram um desempenho similar após acumular uma quantia de 72,60 trilhões de wons (R$ 325 bilhões), um acréscimo de 31% se comparado ao mesmo período de 2020.

Ainda assim, o mesmo não pode ser dito à divisão de telas (DP). No quarto trimestre, o setor acumulou 9,06 trilhões de wons (R$ 40,5 bilhões) em vendas, uma queda de 9% em relação ao mesmo período de 2020. Todavia, no ano, a receita com a divisão de negócios teve um acréscimo de 4% ao registrar 31,71 trilhões de wons (R$ 141,9 bilhões) entre janeiro e dezembro de 2021.

O lucro com chips no quarto trimestre também foi positivo: 8,84 trilhões de wons (R$ 39,5 bilhões). No ano, o resultado foi de 29,20 trilhões de wons (R$ 130,5 bilhões). Em relação ao setor de soluções para dispositivos (Device Solutions), que concentra as operações de semicondutores, a divisão tem maior lucro operacional de todos: 10,17 trilhões de wons (R$ 45,4 bilhões) no quarto trimestre e 33,73 trilhões de wons (R$ 150,8 bilhões) no ano todo.

Com informações: Samsung (Newsroom)

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque